Câncer: conheça a dieta que pode ativar as células “assassinas” do câncer

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Um novo estudo italiano descobriu detalhes que podem ser de fundamental importância na luta contra o câncer: uma dieta hipoglicêmica e jejum repetido por vários ciclos é bem tolerado e ajuda pacientes com câncer a ativar certas células do sistema imunológico que ajudam a combater o câncer.

A pesquisa, publicada no Cancer Discovery , foi conduzida por uma equipe do Instituto Nacional do Câncer de Milão em colaboração com o Instituto Firc de Oncologia Molecular (Ifom) e financiada pela Fundação Airc.

O estudo concentrou-se em uma amostra de 101 pacientes com câncer (com diferentes tipos de tumores) nos quais foi testada uma dieta hipoglicêmica que previa restrição calórica por alguns dias a cada 3-4 semanas. Uma dieta que imita o jejum que foi repetida por vários ciclos para avaliar seu efeito nos pacientes.

Os resultados mostraram que este tipo de dieta, baseada principalmente em alimentos vegetais, como pão integral, legumes, frutas frescas e secas, azeite extra virgem e outros (mas sempre em quantidades limitadas), é bem tolerada pelos pacientes e apresenta resultados positivos. efeitos, obviamente se feito sob supervisão médica.

Quais foram os benefícios encontrados? Claudio Vernieri, um dos principais autores do estudo, explicou junto com Filippo de Braud ( Valter Longo também participou da pesquisa ) :

O resultado mais relevante deste estudo foi a descoberta de que um regime específico de dieta hipoglicêmica de 5 dias, seguido ciclicamente (a cada 3-4 semanas), foi bem tolerado por 101 pacientes com câncer. Além disso, seguindo esta dieta, algumas células do sistema imunológico são ativadas nos pacientes, que desempenham um papel importante no reconhecimento e morte das células cancerígenas.

Para chegar a esse ponto, amostras de sangue foram coletadas e analisadas dos pacientes antes do início da dieta e 5 dias após.

@Cancer Discovery

Como disse Licia Rivoltini da equipe de pesquisa:

a dieta hipoglicêmica aumenta a presença no sangue de células imunes ‘boas’, como linfócitos T citotóxicos e células Natural Killer. Essas células têm o potencial de reconhecer e matar células cancerígenas. Ao mesmo tempo, a dieta parece reduzir as células imunes “ruins”, que aumentam a inflamação sistêmica e impedem que as “boas” funcionem adequadamente.

E tudo isso sem nenhum efeito colateral para os pacientes.

Naturalmente, os resultados obtidos com o novo estudo precisarão ser mais investigados e confirmados em uma amostra maior de pacientes.

Fonte: Descoberta do Câncer / O Dia

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest