A pergunta que você sempre se fez: podemos congelar macarrão cozido?

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Visando uma cozinha sem desperdícios, o frigorífico e o congelador representam ajudas válidas, pois permitem conservar durante vários dias os alimentos preparados em quantidades excessivas e não consumidos no momento. Mas tome cuidado para congelar tudo levemente: de fato, existem alimentos que não devem ser armazenados por longos períodos e que podem ser danificados pelo processo de congelamento.

Entre os alimentos mais desperdiçados está o macarrão: na verdade, muitas vezes cozinhamos porções muito abundantes do primeiro prato e depois não sabemos como consumi-lo. Então é legítimo perguntar: é possível guardar sobras de macarrão na geladeira e no freezer? A resposta é sim em ambos os casos, mas esses cuidados devem ser levados em conta.

Se tivermos uma massa cozida e temperada que pretendemos consumir no dia seguinte, podemos armazená-la com segurança na geladeira – o importante é esperar que ela esfrie, e isso por dois motivos: por um lado, um prato colocado dentro da geladeira aumentaria a temperatura interna do aparelho, sujeitando o motor a esforços e prejudicando também a conservação de outros alimentos; por outro lado, o choque térmico poderia favorecer o nascimento de bolores dentro da massa que a tornariam intragável e perigosa para nós. O ideal seria guardar a massa em um recipiente de vidro, de preferência com tampa hermética, assim que esfriar (cerca de duas horas após o cozimento).

Se, por outro lado, queremos mantê-lo por mais tempo, podemos pensar em congelá -lo. Se ainda não estiver temperado, podemos adicionar um fio de azeite para evitar que os pedaços de massa grudem, mas também podemos congelar a massa já temperada. Também neste caso, primeiro deixe o produto cozido esfriar completamente, depois divida-o em porções que organizaremos em potes ou recipientes próprios para congelamento.

É muito importante indicar no rótulo a ser afixado no recipiente a data de preparação e congelamento da massa: lembramos que os produtos preparados em casa e congelados de forma não industrial podem ser armazenados por no máximo duas ou três meses, antes de se tornar prejudicial para a nossa saúde. Para ter em conta o conteúdo do nosso congelador, também podemos criar uma lista de tudo o que temos guardado no congelador, com as datas em que os diferentes alimentos foram adicionados: desta forma não desperdiçamos alimentos e não corremos o risco de “esquecer “pratos no congelador.

Se já armazenamos a massa por algumas horas na geladeira (ou mesmo por um dia), não é aconselhável passar para o congelamento: é melhor consumi-la aquecendo-a ou usá-la em outra receita de recuperação.

Mas como descongelar a massa que guardamos no congelador? Não recomendamos descongelar a massa no micro-ondas: as micro-ondas evaporam toda a água presente no prato, tornando-o seco e pouco apetitoso e não garantindo um aquecimento homogéneo. Melhor aquecer um pouco de óleo em uma panela e inserir o produto congelado: depois de alguns minutos nossa massa estará pronta para ser comida.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest