O que é a Dieta mediterrânea? Desinformação reina no Tik Tok, entre uma pita e um kebab

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

dieta mediterrânea é considerada uma das melhores, pois está associada a um risco reduzido de doenças cardiovasculares e é amplamente recomendada para a saúde do coração. Mas há muita desinformação sobre isso e até mesmo tudo que roda nas redes sociais nesses casos não ajuda.

Estamos falando sobretudo  do TikTok onde muitos vídeos não dão informações corretas sobre a dieta mediterrânea, assim como muitas outras dicas de alimentação saudável, fornecidas por pessoas não competentes, são completamente pouco confiáveis ​​- e nos casos mais graves – até perigosas. Já lhe falamos sobre isso várias vezes.

Uma investigação sobre como a dieta mediterrânea (MD) é descrita no TikTok foi realizada por uma equipe do Baylor College em Houston (Texas).

Os especialistas analisaram os primeiros 200 vídeos que apareceram pesquisando com a hashtag #mediterraneandiet em agosto de 2021.

Cada vídeo recebeu uma pontuação com base em 62 parâmetros, parte de 4 categorias macro:

  • presença de credenciais de conta
  • estatísticas de engajamento
  • características do vídeo
  • conteúdos especificamente relacionados com a dieta mediterrânica

As descobertas, apresentadas na reunião anual da Sociedade Americana de Nutrição em junho, mostram um cenário preocupante. Sob o nome de “dieta mediterrânea” realmente tudo está inserido, a qualidade dos vídeos e as informações fornecidas aos usuários são questionáveis ​​e as fontes de onde as notícias são tiradas quase nunca são mencionadas.

Este último é um detalhe que a equipe de especialistas que realizou a pesquisa considera muito importante e só podemos concordar plenamente. Como escrevem os autores:

Quem procura notícias de saúde deve primeiro verificar se a fonte é confiável e credenciada. Além disso, o usuário deve sempre solicitar a confirmação de seu médico ou nutricionista caso tenha dúvidas sobre o conteúdo visualizado online.

De acordo com os dados recolhidos, 69% dos vídeos falavam mesmo de alimentos que não pertencem de todo à dieta mediterrânica. Alguns exemplos? Comidas refinadas, carnes vermelhas, doces, mas também pita gyros e doner kebabs, definitivamente longe das comidas típicas da dieta mediterrânea.

Não surpreendentemente, entre os vídeos que falavam explicitamente dos benefícios desta dieta, apenas 9% deram uma definição correta e clara da dieta mediterrânea.

@anwarskitchen

Is it Fry-Day yet?! @anwar style, a signature dish 👨‍🍳💋 #AnwarsKitchen #HalalFood #MediterraneanDiet

♬ Turn Back Time – Diplo & Sonny Fodera

Nas conclusões, os especialistas escrevem:

Embora a promoção do modelo dietético de DM possa beneficiar pessoas em risco de doenças cardiovasculares, a confusão do consumidor nas mídias sociais sobre o que a DM implica permanece. Como a internet é a principal fonte de informações nutricionais para muitos americanos, são necessárias estratégias inovadoras para ajudar os consumidores a navegar por conteúdo online potencialmente enganoso.

O problema das mensagens erradas, veiculadas nas redes sociais, ou em sites que copiam e colam notícias tiradas aqui e ali e às vezes completamente sem fonte, está mais atual do que nunca. No entanto, torna-se um terreno particularmente perigoso quando falamos sobre nutrição ou saúde das pessoas.

Fonte: Sociedade Americana de Nutrição

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest