Semente de tomate faz mal ou não faz?

Bom, depende. Pois é, a resposta é um pouco mais complexa do que somente sim ou não. Na maioria dos casos, a semente do tomate não faz mal à saúde, sendo até benéfica para o organismo.

Semente do tomate causa pedras nos rins?

Contudo, pessoas que sofrem com pedras nos rins precisam estar atentos e evitar o consumo das sementes. Isso acontece porque o cálcio, oxalato ou ácido úrico está sendo acumulado em excesso na urina, causando a formação de pedras que podem variar de tamanho e causar muita dor. Nesses casos específicos, as pessoas devem evitar alimentos que sejam ricos em oxalato como nozes, espinafre, beterraba, acelga e, claro, o tomate. Agora, se você não apresenta esse quadro médico, as sementes de tomate não irão causar pedras nos rins por si só, pode ficar tranquilo.

Semente do tomate faz mal para a gastrite?

Como tocamos no assunto da acidez do tomate, é importante explicar que ele deve ser evitado em alguns casos, como por quem sofre de gastrite. Por ser um alimento muito ácido, o tomate realmente pode piorar as crises e causar desconforto em que sofre com a doença, sendo aconselhável não consumir. Contudo, a gente sabe que é difícil cortar completamente esse alimento do cardápio, por isso, quando for consumir, escolha por remover as sementes que concentram mais acidez a fim de diminuir o impacto no seu organismo.

Semente do tomate pode causar apendicite?

Não há nenhum estudo que comprove essa teoria, sendo possível encontrar apenas pouquíssimos casos em que o consumo de sementes de tomate e outros tipos de sementes causaram apendicite.

A semente do tomate altera o sabor da comida?

Saindo do ramo da saúde e entrando no ramo da culinária, a semente do tomate faz, sim, diferença no sabor de uma receita. Retirar ou não as sementes é um critério que vai de cada um, já que é gosto pessoal. As sementes possuem mais acidez que o restante do tomate, o que pode deixar a sua receita mais ácida. Caso o tomate não esteja muito maduro, então, elas ficam realmente ácidas e podem deixar um sabor desagradável. Mais um detalhe importante na hora de decidir retirar ou não as sementes do tomate é a textura que elas conferem ao prato final. Se você prefere molhos mais lisos, é melhor retirar as sementes ou peneirá-lo depois que estiver pronto.

Quando é realmente necessário retirar as sementes?

O único momento em que você deve realmente remover as sementes são em preparos crus como saladas e vinagretes, porque elas tendem a aguar mais, e ninguém gosta de uma salada molenga, não é mesmo?

Além de todos esses detalhes, vale ressaltar que é na semente do tomate que se concentra alto teor de umami, o quinto sabor universal tão presente em pratos e ingredientes das culinárias asiáticas como nori, bonito, shitake e shimeji.

Fonte: MSN