Você sabe cozinhar com os queimadores desligados? Veja o truque para economizar gás

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

As contas de eletricidade e gás tornaram-se um verdadeiro dreno para muitas famílias italianas, após o início do conflito na Ucrânia. E a guerra tornou ainda mais evidente o quanto somos dependentes de fontes de energia estrangeiras (em particular da Rússia), mas também o quanto a Itália ainda está atrasada em termos de energias renováveis. O resultado dessa situação está à vista de todos: a conta do gás praticamente dobrou e quem pode está tentando de todas as formas economizar um pouco.

Mas o que fazer para consumir menos gás e eletricidade e evitar contas com números vertiginosos? Na realidade existem muitos pequenos truques, simples de colocar em prática, que podem nos ajudar a reduzir custos. Entre os truques contra contas caras há um pouco conhecido, mas muito útil para economizar gás: estamos falando do chamado “cozinhar com os queimadores apagados”. Vamos descobrir o que é.

Como é cozinhar com os queimadores desligados e quanto isso pode nos economizar

Quando você cozinha alimentos em água quente, como macarrão ou arroz, o calor da água continua cozinhando por muito tempo, mesmo com o fogão desligado.

Depois de ferver a água e jogar a massa, basta cobrir com a tampa e desligar o fogo, continuando a cozinhar de acordo com os tempos indicados, usando o calor latente.

Considerando que um fogão pequeno (ou grande não ajustado ao máximo) consome 0,06 mc/h, e que a massa é cozida diariamente (na realidade, com base no consumo per capita de 23 kg por ano, uma estimativa de cerca de 40 vezes pode ser feito por mês), uma economia de até 3,65 metros cúbicos pode ser calculada em um ano. Praticamente economizaria 5 euros por ano. Pode parecer pouco, mas – como aponta a associação Altroconsumo – se todos fizem isso na Itália, seriam economizados 62 milhões de metros cúbicos de gás em um ano em um país como a Itália , sem abrir mão do prazer de um belo prato de massa.

Um pequeno gesto que faz bem ao meio ambiente e aos nossos bolsos!

Fonte: Altroconsumo 

 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em mídia, comunicação digital e jornalismo pela Universidade La Sapienza, ela colaborou com Le guide di Repubblica e com alguns jornais sicilianos. Para a revista Sicilia e Donna, ela tratou principalmente de cultura e entrevistas. Sempre apaixonada pelo mundo do bem-estar e da bio, desde 2020 escreve para a GreenMe.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest