Vamos salvar os cosméticos cruelty free, assine a petição pela beleza sem experimentação animal

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Em 2013, entrou em vigor a proibição de venda ou importação de cosméticos testados em animais em todos os países da UE. Uma decisão que deveria ter levado ao fim definitivo das crueldades para milhares de camundongos, coelhos e muitas outras cobaias de laboratório. Mas, infelizmente, não aconteceu assim. A promessa não foi cumprida.

Ainda hoje, apesar das batalhas das associações de direitos dos animais e da existência de alternativas livres de crueldade, as autoridades europeias continuam a aceitar de facto que os ingredientes utilizados nos produtos cosméticos sejam testados em animais. Uma situação desumana e inaceitável que levou ao lançamento da Iniciativa de Cidadãos Europeus (ICE), pedindo a proibição (real, não apenas de palavras) dos testes em animais.

 

Os desejos dos cidadãos e legisladores são claros: os animais não precisam sofrer e morrer por causa dos cosméticos. Acreditamos que as novas avaliações de segurança para ingredientes cosméticos importados, fabricados ou vendidos na UE só podem se basear em dados não animais. – lê o texto do ICE – Como tal, os requisitos de teste da UE, incluindo os requisitos estabelecidos no REACH, não devem prejudicar as proibições. Em vez disso, deve ser aplicada uma abordagem adaptada às substâncias para garantir que os consumidores, os trabalhadores e o ambiente sejam protegidos sem mais ensaios em animais.

As exigências dos cidadãos europeus

Uma pesquisa recente descobriu que 72% dos cidadãos dos estados membros da UE acreditam que chegou a hora de eliminar gradualmente os testes em animais. Quase 400.000 europeus se inscreveram desde junho passado e ainda há tempo para se inscrever até 31 de agosto. A ICE insta a Comissão Europeia a tomar as seguintes medidas:

  • proteger e fortalecer a proibição de testes em animais para produtos cosméticos: Alterar a legislação para proteger os consumidores, os trabalhadores e o meio ambiente para que em nenhum caso e sem motivo os ingredientes cosméticos sejam testados em animais
  • transformar o regulamento de produtos químicos da UE: garantir a proteção da saúde humana e do meio ambiente sem adicionar novos requisitos envolvendo testes em animais para produtos químicos
  • modernizar a ciência na UE : comprometer-se com uma proposta legislativa que estabeleça um roteiro para a eliminação progressiva dos ensaios em animais (portanto também os previstos para medicamentos, vacinas, etc.) na UE antes do final da presente legislatura.

A União Europeia está agora numa encruzilhada: pode optar por continuar a aceitar testes anacrónicos e fonte de sofrimento para os animais ou iniciar uma nova era verdadeiramente livre de crueldade.

Para aderir à Iniciativa de Cidadania Europeia CLIQUE AQUI 

 

Fonte: UE

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em mídia, comunicação digital e jornalismo pela Universidade La Sapienza, ela colaborou com Le guide di Repubblica e com alguns jornais sicilianos. Para a revista Sicilia e Donna, ela tratou principalmente de cultura e entrevistas. Sempre apaixonada pelo mundo do bem-estar e da bio, desde 2020 escreve para a GreenMe.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest