Repita suas roupas (sem ter vergonha) e salve o meio ambiente

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Que a indústria do vestuário tem um impacto significativo no meio ambiente, não é novidade. E que a nossa sociedade é feita de aparências, também não. Mas está surgindo um novo movimento que convida as pessoas a usarem as mesmas roupas continuamente, sem vergonha.

O movimento é chamado de Repeat Dressing (ou Repetição de Roupas) e manda uma mensagem clara: todos devem fazer sua parte para não serem cúmplices da destruição do planeta. Vamos encarar a realidade: nossos guarda-roupas estão cheios de roupas muitas vezes compradas a preços de pechincha. Mas, por trás delas, há histórias de exploração do trabalho e do meio ambiente.

Mas tudo isso perde importância na era das mídias sociais, onde muitos têm vergonha de aparecer no Instagram, Facebook, Tik Tok e assim por diante, com a mesma peça de roupa. Portanto, para obter mais seguidores, a palavra de ordem passa a ser: compre.

Algumas pessoas acreditam que usar a mesma jaqueta ou camisa por duas postagens consecutivas pode torná-las impopulares. E se você acha que estamos falando de ficção científica, está muito enganado. Um estudo recente da instituição de caridade ambiental Hubbub revelou que um em cada seis jovens não usaria a mesma roupa depois que aparecessem nas redes sociais.

A indústria da moda tem um grande impacto no meio ambiente: é o segundo maior poluidor, atrás somente da indústria do petróleo. Precisamos, portanto, dar uma reviravolta: usar tecidos sustentáveis, reciclar, apoiar negócios verdes e, acima de tudo, ter maior conscientização.

 “É importante que todos nós façamos nossa parte com pequenas mudanças individuais, então começou esse movimento, que convida as pessoas a fazerem sua parte usando as mesmas roupas repetidamente e sem vergonha”, disse o chefe do Hubbub, Trewin Restorick.

Seria também uma forma de combater o ‘fast fashion’, que é a moda rápida e muitas vezes descartável, que busca as últimas tendências sempre e a qualquer custo. “As três palavras que você precisa lembrar são: reduzir, reutilizar e reciclar”, diz Katie Williams, da Youth Climate Coalition do Reino Unido.

Comprar roupas de segunda mão ou usá-las várias vezes significa menos impacto. Não as jogue fora, pois, as instituições de caridade podem ajudar. “Se todos nós criarmos mudanças sociais, um milagre acontecerá. Todos nós precisamos estar cientes do que compramos e de quem compramos”.

 O que diz a indústria da moda? Os varejistas admitem que algo precisa ser feito, mas dizem que já estão trabalhando para reduzir o impacto de seus produtos. Muitas empresas de moda estão adotando o uso de materiais reciclados e de origem sustentável.

Fonte: BBC

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista profissional, possui graduação em Ciência Política e máster em Comunicação Política. Se preocupa especialmente com temas sociais e direitos dos animais.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest