Cientistas inventam os tijolos sustentáveis ​​do futuro: feitos com óleo usado e sem argamassa

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Pesquisadores da Flinders University, na Austrália, realizaram um trabalho para encontrar alternativas sustentáveis ​​aos tijolos usados ​​na construção.

O objetivo foi responder à necessidade de desenvolver materiais de construção sustentáveis, uma vez que a produção de cimento, ferro e aço é responsável por mais de 15% das emissões globais de CO2 .

Os cientistas conseguiram fazer um polímero leve, mas forte, a partir de enxofre, diciclopentadieno ou DCPD e óleo de canola usado, um resíduo que pode ser usado como matéria-prima barata.

O petróleo é de fato classificado como resíduo industrial e é particularmente abundante, portanto econômico. Usá-lo para produzir tijolos permite obter um produto acabado a baixo custo e, ao mesmo tempo, reutilizar um produto residual.

O material de construção obtido também tem uma vantagem adicional: os tijolos são de fato capazes de aderir uns aos outros graças às ligações químicas que se estabelecem entre os átomos de enxofre, tornando supérfluo o uso de argamassa e outros adesivos. Isso significa reduzir ainda mais o impacto ambiental, os custos e a dificuldade de fabricação e uso de tijolos.

Neste estudo, testamos um novo tipo de tijolo que podemos fazer a partir de óleo de cozinha usado, misturado com enxofre e diciclopentadieno (DCPD). Tanto o enxofre quanto o DCPD são subprodutos do refino de petróleo. Os tijolos se unem sem argamassa após a aplicação de um traço de catalisador amino – explicou o Dr. Matthew Flinders Justin Chalke, que liderou o trabalho.

A ligação neste novo processo catalítico é muito forte, produzindo um material de construção sustentável que potencialmente simplificará a construção, explicou o Dr. Maximilian Mann, coautor do estudo.

Agora, a equipe está trabalhando para poder colocar os tijolos no mercado , por isso não é de excluir que em um tempo relativamente curto eles possam ser encontrados à venda.

Fonte de referência: Química e Física Macromolecular

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em Ciências e Tecnologias Herbárias, editora web desde 2013, ela publicou "Sabonetes e cosméticos DIY", "O sábio do trabalhador manual" e "A cebola do trabalhador manual" para as edições Age of Aquarium.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest