Você nunca deve carregar seu celular assim se não quiser destruir a bateria

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Aqui estão algumas dicas que devemos seguir para preservar a saúde de nosso celular e prolongar a vida útil de sua bateria

Muitas vezes reclamamos que a tecnologia moderna – em particular PCs, tablets e smartphones – não dura com o tempo e que depois de alguns anos somos forçados a comprar um novo aparelho, gastando muito dinheiro em telefones e outros aparelhos com preços exorbitantes e com um rendimento que não é excelente a médio e longo prazo. Mas por que isso acontece? Sem conspiração ou fraude por parte dos fabricantes de aparelhos eletrônicos: muitas vezes, a culpa é nossa e nossa má manutenção que destrói os aparelhos quase sem que percebamos.

Como proteger a bateria do nosso dispositivo?

  • Em primeiro lugar, para evitar danos ao sistema, é bom manter o nosso telemóvel a uma temperatura constante e evitar variações bruscas de temperatura que o possam danificar: evite, por exemplo, deixar o telemóvel muitas horas ao sol para não superaquecer os circuitos. Mesmo carregar o telefone dentro de sua capa protetora não é uma boa ideia: o aquecimento gerado durante o carregamento será agravado pelo fato de que o telefone está travado na capa.
  • Também é importante usar o carregador original do nosso celular: um carregador ‘improvisado’, emprestado de um amigo ou comprado por alguns euros em uma barraca, pode ter uma voltagem diferente da exigida pelo nosso telefone celular (em excesso ou defeituoso) e, portanto, colocar a carga sob pressão.
  • Um falso mito a dissipar diz respeito ao nível de carga do nosso dispositivo conectado à fonte de alimentação: se antes era necessário esperar pela carga completa antes de poder desconectar o celular da fonte de alimentação, as baterias de lítio modernas podem ser carregadas, mesmo que parcialmente. Até mesmo esperar que o telefone se descarregue completamente para prosseguir com a nova carga é prejudicial ao aparelho, que pode sofrer danos irreparáveis.
  • É bom evitar deixar o celular ligado por muitas horas, ou pior ainda, a noite toda: esse hábito danifica gravemente o nosso celular.
  • Além disso, quando o telefone está conectado à fonte de alimentação, é bom evitar o uso de aplicativos que consomem muita energia – como reprodutores de vídeo, games e redes sociais: a bateria já esquenta com a carga e acabaria superaquecendo.
  • Finalmente, aplicativos específicos para ‘economia de bateria’ estão disponíveis (tanto para Android quanto para IOS), que monitoram a saúde de nossa bateria e ajudam a preservá-la da maneira mais eficaz.
Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest