“Fechar indústrias baseadas em combustíveis fósseis até 2030”: a proposta da juventude de Youth4Climate

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Os três dias de trabalho para os jovens de Youth4Climate terminam hoje. Suas propostas foram reunidas em um documento final para chamar a atenção dos maiores nomes do mundo.

A experiência de Youth4Climate, a primeira conferência global do clima em que os verdadeiros protagonistas foram os jovens, atentos ao meio ambiente e ao futuro do nosso planeta, termina hoje . Três dias de conferências e encontros que aconteceram em Milão e que contaram com a participação de 400 jovens ambientalistas de 186 países ao redor do mundo – incluindo Greta Thunberg. Slogans, discursos com efeito (Queremos justiça climática e queremos agora!) E denúncias contra a imobilidade dos poderosos da Terra diante das ameaças cada vez mais prementes que a crise climática nos impõe, mas também propostas concretas feitas por as crianças que serão relatadas na conferência climática anual da ONU, COP26, marcada para novembro próximo em Glasgow.

O Papa Francisco também falou na conferência de jovens com uma mensagem de vídeo, na qual agradeceu aos jovens pelos sonhos e projetos de bem que têm e pelo fato de se preocuparem tanto com as relações humanas quanto com o cuidado com o meio ambiente.

O documento final desta experiência, divulgado ontem à noite, foi apresentado na abertura da Pré-Cop26 (reunião preparatória dos vários ministros que participarão no evento de novembro) e entregue ao Primeiro-Ministro italiano Mario Draghi, Estiveram presentes o Presidente da República Mattarella e o Secretário-Geral da ONU, Antonio Guterres (que participará da conferência remotamente).

Entre os pedidos que surgiram, um maior envolvimento dos jovens nos processos de tomada de decisão sobre o controlo do clima, aceleração das energias renováveis, dignidade do trabalho, respeito pelas populações locais, maior consciência da crise climática e poluição graças à formação realizada em escolas. A proposta mais difícil de implementar, aquela que requer um compromisso verdadeiramente importante, continua sendo a obtenção de emissões zero para as indústrias até 2030 – ou, melhor, o fechamento de todas as indústrias movidas a combustíveis fósseis até esta data.

Nossos jovens serão capazes de realmente defender suas vozes e conseguir o que pediram para salvar o planeta da destruição?

Fonte: ANSA

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest