Liberte o seu jardim do plástico, ele acaba no solo e o contamina por mais de 7 anos

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Este estudo sugere proibir itens de plástico de seu jardim (como lonas ou outras ferramentas comumente usadas para jardinagem) para não contaminar o solo com microplásticos.

dispersão de resíduos de plástico no meio ambiente se torna um problema cada vez mais urgente para a proteção do meio ambiente e mais e mais pessoas em todo o mundo estão felizmente modificando seu estilo de vida para reduzir o consumo de plástico descartável e reciclar o máximo possível. recipientes dos produtos que usam todos os dias – até mesmo em seu próprio jardim.

Um novo estudo australiano, que observou a contaminação de microplásticos em amostras de solo de jardins particulares, sugere que as lonas de plástico usadas na jardinagem produzem partículas de plástico que acabam no solo e permanecem lá por até sete anos. O plástico está em toda parte, segundo os pesquisadores, e permanece para sempre.

O plástico está por toda parte e mais cedo ou mais tarde haverá microplásticos de objetos que deixamos para se decompor na palha, como folhas de plástico ou celofane – explica Cheng Fang , autora do estudo. – Os microplásticos são um contaminante ambiental que não deve ser subestimado: de fato, mesmo sete anos após a decomposição natural dos objetos de plástico, eles ainda estão presentes no solo do jardim.

A contaminação microplástica pode ser reduzida com algumas medidas simples que podemos adotar em nossos jardins. Não basta reciclar produtos plásticos ou descartá-los corretamente – o ideal seria evitar o uso do material por completo para evitar o risco futuro de contaminação microplástica: o acúmulo de resíduos plásticos está aumentando nos ecossistemas terrestres e marinhos, liberando micro – e nanoplásticos no ambiente (no estudo, os pesquisadores encontraram fragmentos de plástico com tamanhos variando de 0,5 mm a 5 mm, analisando pela primeira vez essas pequenas escalas de fragmentos de plástico no ambiente).

O estudo dá uma ideia clara do potencial de exposição aos microplásticos mesmo em um ambiente doméstico, como um jardim privado – por isso é tão importante evitar que o plástico entre no meio ambiente.

Fonte: Frontiers in Environmental Science

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest