Seca alarmante em quase toda a Europa atinge o Danúbio

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Não estamos nem no início do verão e ainda nesta primavera com muito poucas, senão quase ausentes, chuvas, a seca se faz sentir e ver claramente. No continente europeu, Copérnico deu o alarme com dados em mãos e imagens de satélite.

De fato, o último relatório do Observatório Europeu da Seca (EDO) da União Europeia mostra uma falta persistente de chuvas a partir de dezembro de 2021 nos Alpes do Sul e nos primeiros meses de 2022 na Europa Oriental.

Nestas regiões as lavouras estão em risco e as condições do solo parecem ser as de um final de agosto. Os solos estão mais secos do que o normal e a situação não parece melhorar depois das chuvas que caíram na bota nos últimos dias. De fato, as chuvas não são suficientes para compensar a grande seca que está deixando nosso país e nossas atividades de joelhos.

De norte a sul, agricultores e pecuaristas estão em péssimas condições. No entanto, é o Pó o mais afetado pela grande seca que a Itália vive. Desde o início do ano até meados de abril, o déficit pluviométrico foi em média de 70-80% .

O mesmo vale para o Danúbio, que mal atingiu o nível mínimo na capital húngara, Budapeste. As secas hidrológicas e agrícolas atingiram o pico em março na Hungria, Romênia, Ucrânia e Itália.

O que também é preocupante é a queda de neve muito baixa com um déficit de -61% em relação à média registrada no período 2009-2021. Essas condições só aumentam a probabilidade de seca hidrológica nos próximos meses.

O relatório também destaca o declínio na geração de energia hidrelétrica na Itália. Nos anos 1970-2019 a capacidade das caixas d’água do nosso país foi de 27,5%, valor considerado o menor de todos os tempos. Desde setembro de 2021, esse percentual caiu novamente para 27,2%.

Fonte: Seca na Europa abril de 2022 – Copérnico

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest