Velas fazem mal ao meio ambiente: dicas para alternativas mais sustentáveis ​​ao Natal

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Até as velas, como o abeto ou o presépio, são um símbolo das festas natalícias e uma decoração comum em muitos lares: iluminam a mesa posta, assinalam a passagem dos domingos do Advento, dão uma luz quente e suave a sala decorada com festa. Infelizmente, porém, a atmosfera mágica que eles nos proporcionam está longe de ser ecológica e também traz muitos resíduos: a cera da vela é feita com parafina (um derivado do petróleo) ou estearina(obtidos do óleo de palma e, portanto, indiretamente ligados ao fenômeno do desmatamento), materiais muito nocivos ao meio ambiente; além disso, o suporte de alumínio descartável que muitas vezes os acompanha também constitui um resíduo a ser descartado. Como deixar essa linda decoração mais ecosustentável?

  • Escolha velas “peladas” , ou seja, sem o porta-alumínio que vão parar no lixo assim que a vela for consumida. Desta forma, você reduzirá a quantidade de resíduos associados ao acendimento das velas. Como alternativa ao suporte de alumínio, pode optar por comprar um castiçal de vidro ou aço: são suportes feitos com materiais mais sustentáveis ​​e sobretudo reutilizáveis, para não criar desperdícios.
  • Preste atenção na lista de ingredientes . Como explicamos, a parafina que compõe a maioria das velas é altamente poluente, pois provém do petróleo. Melhor optar por velas feitas com óleos vegetais, de agricultura sustentável, ou à base de cera de abelha. Como alternativa, também existem velas de chá orgânicas feitas de gorduras residuais de matérias-primas renováveis, que não usam combustíveis fósseis ou produtos químicos.
  • Use com moderação. Não espere que as velas se apaguem, mas lembre-se de apagá-las sempre que sair do cômodo ou quando não forem necessárias: assim, além de evitar o risco de incêndios domésticos, você produzirá menos resíduos porque as velas vão durar mais tempo.
  • Descarte as velas velhas corretamente . Se você já tem velas tradicionais em casa (talvez compradas no ano passado), não as jogue fora! Pode usar a cera para criar novas velas.
  • Não às luzes LED . Se você acha que as velas “falsas” – ou seja, aquelas feitas de plástico e equipadas com um pequeno bulbo que simula a chama de velas reais – podem representar uma alternativa mais ecológica, está cometendo um grave erro: as velas de LED, além de serem fabricadas com plástico e, portanto, materiais poluentes, funcionam a pilhas e por isso não devem ser consideradas mais ecológicas do que as velas de cera normais.
Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest