Aspirante a domador é dilacerado por urso em circo de Moscou: ele não o reconheceu por causa da máscara

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Um futuro domador de um circo de Moscou foi morto por um urso. O menino havia esquecido de tirar a máscara antes de entrar na gaiola e o urso não o reconheceu.

Seu nome era Valentin Bulich e o rapaz trabalhava para o Grande Circo Estadual de Moscou. Tinha apenas 28 anos e perdeu a vida há poucos dias, após ser atacado por Yasha, um urso treinado.

O urso não reconheceu o jovem, que na verdade ainda não era um domador, mas um limpador de jaulas, pois apareceu no recinto com a máscara.

Como dizia sua mãe, Valentin sonhava em se tornar treinador e depois de ter trabalhado com sucesso com os filhotes, se trancou em uma gaiola com o urso de sete anos, mas ele reagiu mal.

Alguns colegas de Valentin interferiram prontamente, arrastando-o para fora da jaula ainda vivo, mas o rapaz morreu pouco depois, no hospital, devido aos graves ferimentos sofridos.

Valentin tinha o sonho de se tornar um verdadeiro domador de ursos, mas costumava frequentar a gaiola de Yasha apenas para fazer a limpeza de rotina. Representantes do circo disseram à mídia local que naquele dia o rapaz roubou as chaves para visitar o urso:

 “Valentine entrou sozinho, este urso o conhecia bem. Ele entrou na jaula com uma máscara e o urso não o reconheceu. Ele virou as costas e o urso imediatamente o atacou”

Após sua morte, foi iniciada uma investigação sobre o acidente para entender como ocorreu e se todas as medidas de segurança foram respeitadas. Mas é claro que entrar sozinho e se trancar em uma gaiola com um urso, sem ser um treinador experiente, é uma violação flagrante das normas de segurança.

O circo já anunciou que, apesar do trágico acidente, não matará o urso.

Yasha, entre outras coisas, nunca tinha sido violento, pelo contrário: era particularmente dócil com os humanos e anos atrás a foto do animal empurrando a cadeira de rodas e lambendo o rosto de um ginasta de circo ferido, após receber alta do hospital, deu a volta ao mundo.

circo-Moscou-urso

© Ruptly

O episódio reacende mais uma vez o tema da presença de animais em circos que, completamente distorcidos e obrigados a dar espetáculos, às vezes se rebelam repentinamente. Recentemente, ativistas dos direitos dos animais na Rússia expressaram preocupação com uma série de incidentes envolvendo animais de circo.

Episódios trágicos como esse não deveriam acontecer simplesmente porque os animais não deveriam estar no circo, mas em seu habitat natural.

Um evento semelhante já havia acontecido há não muito tempo em um circo Orfei, na Itália, quando um domador foi morto por 4 tigres durante uma sessão de treinamento.

Fonte: The Washington Time 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest