Fuga do zoológico holandês: chimpanzés são mortos em frente a visitantes

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Eles encontraram a porta da jaula aberta e simplesmente saíram depois de anos e anos trancados. Talvez tivessem apenas o desejo de saborear um pouco de liberdade, mas, para dois chimpanzés do zoológico de Amersfoort, na Holanda, tudo se transformou em uma tragédia: foram baleados e mortos na frente de visitantes.

Um erro humano ao fechar as jaulas, que ninguém poderia imaginar que pudesse acarretar em algo tão grave para matar os dois animais. Depois de uma vida enjaulada e obrigados a ser atração turística entre risos, flashes e sobretudo longe do bem-estar, os chimpanzés morreram com balas no corpo.

“Os dois chimpanzés machos exibiram um comportamento que poderia ter criado uma situação perigosa e, por isso, naquele momento, foi tomada a decisão de atirar”, justificou o zoológico.

Na verdade, portanto, eles foram mortos porque poderiam colocar alguém em perigo, por isso dispararam de forma preventiva. Quanto vale a vida de um animal? Essa é a pergunta a se fazer.

Os animais selvagens não são domésticos, não respondem aos nossos comandos, mas sim aos seus instintos. De acordo com o zoológico, porém, não havia tempo para injetar anestésicos.

Mas os visitantes já estavam todos seguros, por isso, a quem poderiam prejudicar? Jamais teremos resposta, o certo é que Mike e Karibuna não existem mais.

Fonte: HLN

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista profissional, possui graduação em Ciência Política e máster em Comunicação Política. Se preocupa especialmente com temas sociais e direitos dos animais.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest