Na Grécia, quem maltratar animais pode pegar até 10 anos de prisão

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O parlamento grego aprovou por unanimidade uma lei que prevê punições muito severas para quem maltratar animais. Nos casos mais graves, são 10 anos de prisão.

Um novo passo importante em favor dos direitos dos animais vem da Grécia, onde uma nova lei foi aprovada que substitui a anterior que era realmente muito branda. Antes, de fato, quem cometia abusos graves contra animais era punido com multa simples.

Agora, a mudança foi drástica, na verdade fala-se em detenção que pode variar de 1 a 10 anos, dependendo da gravidade do crime. A multa também permanece, e pode atingir 15.000 euros.

Fala-se de abusos muito graves, como “envenenamento, enforcamento, queima ou mutilação de animais”, mas multas mais severas também são fornecidas para aqueles que abandonam os animais.

O dinheiro das sanções será usado para os próprios animais, para criar novos abrigos, melhorar os existentes ou para clínicas veterinárias.

A lei também prevê que é possível retirar o animal em posse da pessoa que cometeu o crime e também evitar que no futuro ela adote outros.

O ministro da Agricultura, Makis Voridis, que apresentou a lei, disse que é ” uma mensagem forte enviada pelo parlamento à sociedade ” e que “a sociedade não pode mais aceitar tais atos “.

A referência é a dois casos recentes que chocaram a Grécia e aceleraram a mudança legal que era necessária há algum tempo e foi fortemente exigida por organizações de bem-estar animal. No mês passado, um homem de 55 anos em Heraklion, na ilha de Creta, enforcou e castrou um cachorro. Fotos do terrível ato de crueldade apareceram online e na mídia grega, gerando indignação geral.

Vários dias depois, um professor de 54 anos em Nikaia, perto de Atenas, esfaqueou e espancou um cachorro com uma barra de metal. A cena foi filmada por um transeunte e o homem foi levado a julgamento.

De acordo com a polícia grega, houve 2.644 relatos de abuso de animais entre janeiro e junho de 2020, um grande número de casos que talvez agora sejam finalmente punidos de forma adequada.

Lembramos que na Itália quem maltrata os animais corre o risco de reclusão de 3 a 18 meses e de multa de 5.000 a 30.000 euros. Talvez possa ser feito algo mais?

Fontes: Greek City Times / Greek Reporter

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Após terminar o bacharelado e o mestrado em tradução, tornou-se jornalista ambiental. Ganhou o prêmio jornalístico “Lidia Giordani”.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest