Após 20 anos de cativeiro, este urso ainda continua se movendo em uma gaiola imaginária

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Certos traumas, como o de uma existência passada em cativeiro, são difíceis de superar e esquecer. Isso é verdade para muitos animais, incluindo uma fêmea de urso pardo chamada Ina. Embora agora esteja livre, é como se estivesse presa dentro de uma jaula imaginária da qual não consegue sair, conforme revelam as tristes imagens divulgadas nos últimos dias nas redes sociais.

No vídeo, o urso é visto circulando em círculos em uma área de apenas alguns metros, embora na realidade pudesse se mover livremente por vários quilômetros. O vídeo foi divulgado no Twitter pelo Libearty Sanctuary, o santuário localizado em Zarnesti, na Romênia, e lar de centenas de ursos-pardos resgatados de zoológicos e circos.

Por 20 anos, Ina foi forçada a viver – ou melhor, sobreviver – trancada no zoológico romeno de Piatra Neamț. Nessa triste estrutura, o urso compartilhou uma pequena cela com sua irmã Anca. Para o animal, a salvação veio graças à ONG Millions of Friends, que após anos de mobilização conseguiu finalmente libertar Ina e trazê-la para o Santuário Libearty, também graças à intervenção da Guarda Nacional do Meio Ambiente (GNA).

“Esta é a imagem de um trauma que às vezes não cura e nunca é esquecido”: com estas palavras os representantes da associação Millions of Friends comentaram a angustiante cena de Ina rodando num espaço confinado. E quando compramos uma entrada de circo ou zoológico, onde animais são explorados e traumatizados, devemos lembrar de cenas como a do urso Ina.

FonteLibearty Sanctuary/Romania Journal

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista profissional, possui graduação em Ciência Política e máster em Comunicação Política. Se preocupa especialmente com temas sociais e direitos dos animais.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest