Lei de salvamento de filhotes nos EUA proíbe os criadores de armazená-los em gaiolas

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Uma ” Lei de Proteção ao Filhote de Cachorro“, um novo projeto de lei nos Estados Unidos, vai finalmente pedir aos criadores que parem de maltratar cães, encaixotando-os uns em cima dos outros. Uma lei que finalmente acabaria com algumas das piores crueldades perpetradas contra cachorros.

Nós sabemos o que os cães amam: um lugar confortável para cochilar, brincar, abraçar e acariciar. Mas milhares de cães em canis licenciados pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para venda não têm nada disso.

Para eles apenas estreitas gaiolas de metal sem espaço para correr ou brincar, na total falta de higiene e ar: práticas terríveis que continuam a existir porque ainda estão fundamentalmente autorizadas pela lei federal de “bem-estar animal”. Os criadores também podem fazer com que as cadelas os engravidem repetidamente até que seus corpos se esgotem, mesmo que tenham defeitos de nascença que poderiam transmitir aos filhotes, geração após geração.

Mas agora, a Lei de Proteção ao Filhote de Cachorro, introduzida esta semana por uma dúzia de democratas no Senado dos EUA, na verdade visa melhorar as condições sob as quais tantos animais são tratados.

A lei alteraria a Lei do Bem-Estar Animal e exigiria melhorias significativas nos padrões de cuidado exigidos dos criadores de cães licenciados. E mais do que isso: há também um forte componente de saúde pública. No momento, o USDA permite que criadores comerciais evitem levar cães feridos ou doentes a um veterinário para diagnóstico e cuidados práticos. Isso pode, sem dúvida, desencadear doenças que passam despercebidas ou mal diagnosticadas e cães doentes tratados apenas para sintomas, o que pode levar a surtos mortais de doenças zoonóticas. Algumas dessas doenças – como a brucelose, giardíase e campilobacteriose – não são apenas perigosas para os animais, mas também prejudiciais se transmitidas aos humanos.

Fonte: Humane Society

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista freelance com especialização em editoração, comunicação, multimídia e jornalismo. Em 2011 ganhou o prêmio Dear Director e em 2013 recebeu o prêmio Jounalists in the Grass, devido à sua entrevista com Luca Parmitano.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest