O Reino Unido quer proibir elefantes em zoológicos

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Os elefantes não nasceram para viver em um zoológico. E pelo menos o Reino Unido parece ter finalmente descoberto isso. Na verdade, o governo britânico está trabalhando em um importante projeto de lei sobre a proteção dos direitos dos animais que deve ser aprovado até o final do ano e a proibição de manter elefantes em zoológicos e parques de safári. A nova legislação vai proibir a importação de animais exóticos, incluindo paquidermes.

Há algum tempo, os ativistas dos direitos dos animais pedem maiores salvaguardas para esses animais altamente inteligentes e sensíveis, que sofrem terrivelmente em cativeiro, desenvolvendo patologias como artrite paralisante e até doenças mentais. De acordo com relatórios da RSPCA (Sociedade Real de Prevenção da Crueldade com os Animais), os elefantes em cativeiro vivem em média apenas 17 anos, enquanto na natureza podem chegar aos 50 anos.

Existem muitas espécies que não pertencem a zoológicos e entre elas estão os elefantes – observa Mark Jones, chefe da Born Free Foundation – Eles deveriam ser eliminados, as necessidades desses animais sociais são numerosas e complexas e não podem ser atendidas em cativeiro.

No Reino Unido existem atualmente cerca de 50 elefantes que vivem em 11 zoológicos em todo o país. E, se o projeto for aprovado, eles podem ser os últimos paquidermes importados para a Grã-Bretanha. Já em 2020, o governo britânico proibiu elefantes e outros animais selvagens em circos itinerantes, oferecendo-nos uma grande lição de civilização.

Esperamos que muitos outros países, incluindo o Brasil, sigam em breve o exemplo do Reino Unido!

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest