Fazendeiro abandona Búfalos para morrer de fome e sede em Brotas, São Paulo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Triste erevoltante. Um fazendeiro abandonou no início de novembro cerca de 1000 Búfalos na Fazenda Água Sumida, em Brotas, no interior paulista, sem água e sem comida. A justiça, a polícia e vários voluntários estão mobilizados. Justiça, polícia e voluntários. Cerca de 200 já morreram de fome e de sede, segundo Luciana de Aguiar, voluntária da Associação de Proteção dos Animais de Brotas.

De acordo com Guto Machado, voluntário da Apajaú (Associação Protetora dos Animais de Jaú), os búfalos – a maioria fêmeas e muitas delas prenhas – foram deixados numa área da fazenda de 500 alqueires, onde não havia qualquer tipo de vegetação e sem acesso à águaem lugar algum. Ele integra o grupo responsável, por decisão judicial, pela guarda dos animais sobreviventes.

“Os que conseguiam se manter em pé chegaram a comer cascas de árvores na tentativa de se manterem vivos”, diz o voluntário.

Segundo os voluntários, ainda há centenas de animais debilitados e muitos não conseguirão sobreviver. Carcaças de animais foram encontradas enterradas pela Polícia Ambiental, mas também havia animais mortos no campo.

“No dia 1º de novembro, recebemos um vídeo que mostrava a tragédia que estava acontecendo na fazenda. Dezenas de animais mortos, outros tantos, muito magros, que (nem) sequer conseguiam andar”, disse uma voluntária.

Aparentemente, o dono abandonou os animais propositalmente para que morressem, pois arrendou a maior parte da fazenda para plantadores de soja.

A Polícia Ambiental foi acionada e esteve no local em 6 de novembro, quando identificou 335 vacas e 332 bezerros e descreveu na autuação a situação encontrada:

“Todos confinados em um local pequeno e inadequado comparado ao número de animais no local, sem alimentação, sem água, local desprovido de “Também foi detectada a presença de carcaças de animais que morreram recentemente, bem como ali próximo a existência de uma vala onde estavam sendo depositados outros 22 espécimes que foram a óbito”, diz a polícia na autuação. Foi definida a multa de R$ 2,1 milhões ao proprietário.

O proprietário Luiz Augusto Pinheiro de Souza chegou a ser preso, mas pagou uma fiança de R$ 10 mil e foi solto. A guarda dos animais foi entregue à ONG ARA (Amor e Respeito Animal). Um hospital de campanha foi montado pelas ONGs numa área da fazenda. Veterinários voluntários se revezam no atendimento aos animais e uma campanha de solidariedade foi iniciada para arrecadar alimentos – basicamente feno, ração e silagem de milho.

Eles comem perto de dez toneladas por dia e estima-se que os animais vão precisar de cuidados especiais por pelo menos mais três meses. Depois disso, a ideia é buscar um lugar para o qual possam ser transferidos.

Em entrevista ao Fantástico, Souza ainda disse que:

é gado que às vezes tá com algum probleminha, um detalhe ou outro” e que nunca faltou água nem comida.

Apesar do que ele disse, os animais foram avaliados e a escala de nutrição entre eles estava em 1 e 2, os mais altos níveis de desnutrição, sendo que um animal bem nutrido deve ter taxa 5. Repórteres também mostraram que os animais que conseguiam se manter em pé comiam até casca de árvore de tanta fome.

Souza ainda mandou um áudio para o prefeito de Brotas pedindo para que ele retirasse as ONGs de sua fazenda.  Ele já chegou a ser preso pelos maus tratos, mas pagou fiança e foi liberado. Desde então, disputa com as ONGs na Justiça a tutela dos animais e acumula multas que podem chegar a R$ 10 milhões.

Torcemos para que o maior número de búfalos seja salvo (a maioria é fêmea e está prenha) e que a justiça seja feita.

Fontes: otempo / g1

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest