Fotógrafo da vida selvagem do ano: aqui estão os finalistas do People’s Choice Award, vote no seu favorito

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A mãe canguru no meio da floresta devastada pelo fogo, o alegre esquilo saltitante, a pequena raposa ártica são apenas algumas das fotos finalistas do Prêmio de Escolha Popular do Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano.

Desta vez temos que votar, mas considerando o nível das fotografias em competição, todas lindas, a escolha não é nada fácil. Há 25 finalistas no concurso e a votação permanecerá aberta até 2 de fevereiro de 2022. Ainda faltam alguns meses para decidir e votar aqui.

Aqui estão algumas das fotos mais bonitas das finalistas da competição. Qual você prefere?

A águia e o urso por Jeroen Hoekendijk

águia e o urso

@Wildlife Photographer of the Year – Jeroen Hoekendijk

No meio da floresta de Anan, Alasca, Jeroen Hoekendijk fotografou um filhote de urso tirando uma soneca em um galho, enquanto uma jovem águia o observava, como uma mãe carinhosa. Uma cena emocionante, até porque a águia permaneceu na mesma posição por várias horas.

Breath of an Arctic fox, de Marco Gaiotti

O italiano Marco Gaiotti está entre os finalistas do People’s Choice Award com a fotografia de uma pequena raposa ártica de Spitsbergen, em Svalbard. Marco conseguiu, o que é raro, trazê-la para perto o suficiente para focar nela, retratando-a em um momento de descanso, envolvida em seu “fôlego”. Quando ele tirou a foto, a temperatura do Ártico estava em -35 graus.

@Wildlife Photographer of the Year – Marco Gaiotti

Fique perto,de Maxime Aliaga

Maxime Aliaga passou mais de uma hora observando essa cena comovente, onde uma mãe cuida carinhosamente de seu cachorro. A foto foi tirada na Reserva Natural Pinus Jantho em Sumatra, Indonésia.

fique perto de Maxime Aliaga

@Wildlife Photographer of the Year – Maxime Aliaga

Esperança em uma plantação queimada, por Jo-Anne McArthur

A Austrália foi devastada por incêndios terríveis e Jo-Anne McArthur voou até o local para documentar as histórias dos animais afetados pela tragédia. Como os cangurus nesta foto, dois sobreviventes inocentes.

@Wildlife Photographer of the Year – Jo-Anne McArthur

Macaco cuddle, por Zhang Qiang

Uma cena comovente retratada pelo fotógrafo Zhang Qiang nas montanhas chinesas de Qinling: mãe e filhote se abraçam calorosamente enquanto descansam. Um momento íntimo e especial que Qiang conseguiu captar da melhor maneira possível.

@Wildlife Photographer of the Year – Zhang Qiang

Vida em preto e branco, por Lucas Bustamante

A fotografia de Lucas Bustamente, que retrata zebras reunidas perto de uma poça d’água em Okaukuejo, no Parque Nacional Etosha, na Namíbia, tem um efeito hipnótico. Um lugar muito frequentado pelos animais locais, que muitas vezes vêm aqui para matar a sede. Lucas conseguiu captar o momento exato em que uma das zebras ergueu o focinho, distinguindo-se assim do “padrão” preto e branco circundante.

@Wildlife Photographer of the Year – Lucas Bustamante

O futuro em suas mãos, por Joan de la Malla

Não é fácil para os orangotangos da floresta tropical de Bornéu resistir à exploração madeireira e cada vez mais deles estão perdendo suas vidas. Os voluntários do International Animal Rescue trabalham todos os dias para ajudá-los a sobreviver, oferecendo cuidados de saúde e reabilitando órfãos.

Photographer

Dançando na neve, por Qiang Guo

Esta foto maravilhosa foi tirada por Qiang Guo na Reserva Natural de Lishan, província de Shanxi, China, e mostra dois faisões trocando de lugar no tronco. São tímidos e difíceis de observar pássaros na natureza, que passam a maior parte do tempo escondidos nas florestas.

@Wildlife Photographer of the Year-Qiang Guo

Laços de amor, por Peter Delaney

Peter Delaney estava na reserva de elefantes de Addo, na África do Sul, quando tirou esta fotografia. Um filhote recém-nascido gritava, com medo de um elefante macho que tentara separá-lo de sua mãe. A matilha reagiu imediatamente lançando gritos fortes, cercando o filhote e esticando seus troncos para tranquilizá-lo.ù

Laços de amor

@Wildlife Photographer of the Year – Peter Delaney

Filhote de lince lambendo por Antonio Liebanna Navarro

Antonio Liebanna Navarro imortalizou em seu tiro incrível um filhote de lince-ibérico com a intenção de lamber o focinho depois de beber. É uma espécie ameaçada pela perda de habitat, esgotamento de alimentos, caça ilegal e acidentes de trânsito. Que, no entanto, graças aos esforços de conservação, está se recuperando lentamente.

Filhote de lince

@Wildlife Photographer of the Year – Antonio Liebanna Navarro

O salto, de Karl Samitsch

O fotógrafo Karl Samitsch retratou este esquilo em uma floresta escocesa. Graças ao foco automático, ele conseguiu capturar o momento exato do salto.

O salto

@Wildlife Photographer of the Year – Karl Samitsch

FONTE: Fotógrafo de vida selvagem do ano

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em Ciências do Patrimônio Cultural, editora web desde 2008 e ilustradora desde 2018, publicou "O sonho no tempo" para a Editore Giochidimagia. Com SpiceLapis ela criou "Memento Mori, um guia ilustrado para os cemitérios mais bizarros do mundo".
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest