Crise climática: onda de calor matou milhares de andorinhões na Espanha

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Centenas de andorinhões jazem nas ruas quentes da Espanha. Alguns sem vida, outros exaustos pelo calor extremo que está deixando todo o país de joelhos. Só na semana passada, mais de 400 jovens andorinhões foram recuperados nos becos de Sevilha e Córdoba.

O alarme é dado pelas associações Ecourbe e Sosvencejos que, em colaboração com o Centro de Recuperação de Espécies Ameaçadas CREA San Jerónimo, estão desesperadamente a reunir cada vez mais andorinhões nas cidades do país.

Devido às ondas de calor infernais, os ninhos dessas aves migratórias, na maioria das vezes feitos entre as sarjetas e as cavidades das casas, tornaram-se verdadeiros fornos.

Nestes dias em que o mercúrio ultrapassou os 40°C os andorinhões batem violentamente no chão. O que antes era sua casa tornou-se um ambiente inóspito devido ao clima intolerável. Muitos morrem instantaneamente, enquanto outros correm o risco de serem esmagados sob as rodas dos veículos.

Os voluntários não sabem mais como e onde intervir, pois a emergência vai além de suas possibilidades. O número de andorinhões em perigo aumentou significativamente em relação ao ano passado. Basta dizer que em todo o ano de 2021 as denúncias recebidas pelos voluntários teriam sido pouco mais de 800, segundo relatos do El Pais.

A situação é particularmente dramática na Andaluzia. Aqui em apenas um dia, 100 andorinhões foram recuperados. E o verão está apenas começando.

O andorinhão comum é um animal protegido na Europa pela Convenção de Berna, que protege a flora e a fauna selvagens e as espécies migratórias ameaçadas de extinção.

Embora a nível europeu esta ave migratória goze de uma certa protecção, na prática os voluntários das associações espanholas queixam-se de muito pouca cooperação por parte do Governo. Há falta de pessoal qualificado e falta de ferramentas para proteger as colônias.

Espécies protegidas? Protegidos por quem?, os voluntários do Sosvencejos escrevem desesperadamente.

 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest