Essa mulher achou que o vizinho dava comida para os pássaros. Mas teve uma grande surpresa

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Ann Dixon estava há cerca de seis semanas tendo problemas com o banho de pássaros que tem instalado no gramado em frente a casa  dela. Alguém misterioso simplesmente começou a jogão pão lá dentro.

Para ela, o mais plausível era que se tratava de um dos vizinhos que estava jogando o pão ali, o que a deixou chateada, porque pães não são exatamente a melhor dieta para as aves e, além disso, estava deixando a água suja, e ela precisava limpar todos os dias por causa disso.

Com o passar dos dias, os pães começaram a aparecer com maior frequência na banheira dos pássaros.  Apesar de admirar que alguém estivesse tentando alimentar as aves, ela estava se sentindo particularmente incomodada em ter que limpar e trocar a água dos pássaros todos os dias.

Foi então que ela decidiu, em uma tentativa educada de resolver a situação, redigir um bilhete pedindo para que os vizinhos parassem: “Por favor, não coloque pão no banho dos pássaros. Obrigada”, escreveu.

Os corvos jogam pão no banho de pássaros do quintal de Ann Dixon. Foto: Ann Dixon
Ela colou o bilhete no lugar e torceu pelo melhor. Não funcionou! Além dos pães, até algumas batatas fritas começaram a aparecer e isso a deixou ainda mais frustrada. Porém, em um dia ela conseguiu pegar o culpado em flagrante.

“Vi um corvo na beira do meu gramado com um pãozinho na boca. Ele olhou para mim, e eu fiquei muito quieta. Ele então continuou a se pavonear pelo gramado e voar até a beirada do banho de pássaros, e então depositou o pão na água. A ficha caiu que ele era o culpado. Fiquei chocada, meu rosto daria uma pintura. Corri para dentro para contar ao meu marido, já que vinha reclamando com ele há semanas sobre esse pão aleatório”, disse Ann ao The Dodo.

Após semanas acreditando que um dos vizinhos vinha jogando pão em seu banho de pássaros e, em vez disso, era apenas um corvo tentando amolecer a comida. E o aviso colocado ali para impedir isso, o culpado não conseguiu ler.

Mas um novo mistério surgiu para Ann Dixon: de onde esses corvos estão tirando todo aquele pão? Talvez ela venha a lidar com isso em um outro momento.

Fonte: Canal do Pet

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest