Madeiras da Memória: 200.000 árvores para 200.000 vítimas do COVID-19 no Brasil

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Um grande projeto com tripla finalidade: homenagear a memória das vítimas da pandemia, agradecer aos profissionais de saúde e preservar os ecossistemas degradados pelo desmatamento. 

No Brasil, mais de 210.000 pessoas já perderam a vida devido ao COVID-19. Além da crise de saúde, temos que enfrentar o aumento da taxa de desmatamento: mais de 11 mil km2 da Amazônia desapareceram só no ano passado. Diante dessa dramática situação, nasceu o projeto Bosques da Memória, que luta na contramão com o objetivo de ajudar o meio ambiente, homenageando a memória das vítimas da pandemia.

Desde dezembro, famílias enlutadas e diversas organizações, com o apoio da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, começaram a plantar árvores para homenagear a memória de seus entes queridos e agradecer aos funcionários do sistema de saúde, apoiando o combate ao desmatamento. A meta é plantar 200 mil árvores até 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, em memória das vidas perdidas em função do COVID-19 no Brasil.

“Muitas das famílias que apoiam o projeto nem tiveram a oportunidade de enterrar seus entes queridos. No ato de plantar uma árvore, os parentes depositam muito do seu amor e saudade”, explica Luis Paulo Ferraz, um dos coordenadores do projeto.

Uma árvore para mim é um símbolo da eternidade. Aqui está gravado o nome da minha filha, sei que voltarei para vê-lo crescer ”, confessa José Oliveira Costa aos prantos, que perdeu a filha Evandra, de 44 anos, que faleceu de Covid-19 em novembro.

Leia também: Conheça as menores tribos indígenas do país

A campanha Bosques da Memória, além de tentar transformar este momento de tristeza e devastação em esperança, também marca o início da década de restauração do ecossistema 2021-2030 declarada pela ONU.

 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest