As queimadas já afetaram 95% das espécies da Amazônia

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

As queimadas e incêndios da Amazônia já atingiram quase todos os animais e plantas da Amazônia, além do bioma em geral. O dado foi apresentado em um estudo publicado ontem na revista científica Nature, que contou com a participação de cientistas brasileiros.

A Amazônia possui 10% da biodiversidade do planeta, mas está em sério risco. Entre 2000 e 2009, quase 190 mil quilômetros quadrados de floresta foram queimados.

Paulo Brando, um dos autores do estudo, pesquisador do IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) e da Universidade da Califórnia em Irvine, aponta que:

“O desmatamento é o principal vilão da biodiversidade da Amazônia, com os incêndios florestais logo atrás”.

E ele ainda completa:

“Muitas espécies de plantas e animais da Amazônia possuem distribuições restritas, o que aumenta as chances desses incêndios florestais causarem grandes perdas em biodiversidade”.

Entre 2009 e 2018 houve um controle mais rígido das queimadas e desmatamento, mas, a partir de 2019 o Governo Federal, sob nova gestão, mudou novamente as regras e facilitou as queimadas e o desmatamento, o que para Brando significou um enorme retrocesso.

Mas a má notícia não para por aí. Os autores do estudo acham que os números estão subestimados, pois não abrangem as espécies animais ou as áreas devastadas antes desse período.

A situação está muito pior do que pensamos. Quando vamos fazer algo?

Fonte: IG

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest