A mosca arco-íris australiana que recebeu o nome da drag queen RuPaul

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Novas espécies de insetos descobertas na Austrália, em homenagem a ícones pop e personagens de desenhos animados para atrair o interesse público sobre a necessidade de defender a biodiversidade

Não é a primeira vez que um inseto descoberto pela Organização de Pesquisa Científica e Industrial da  Commonwealth (CSIRO) leva o nome de uma pessoa famosa. Já havia acontecido há dez anos, em 2011, quando outro mosquito foi apelidado de Scaptia beyonceae em homenagem à famosa cantora Beyoncé.

Dez anos depois, o ícone pop RuPaul se torna a primeira drag queen a nomear uma nova espécie de mosca soldado negra recém-descoberta na Austrália, pertencente à família Opaluma (da união das palavras latinas ‘opala’ e ‘espinho’) porque eles parecem pequenas joias zumbindo na floresta, caracterizadas precisamente por uma protuberância (um ‘espinho’) sob o abdômen.

A homenagem a RuPaul e outros ícones musicais, atraindo a atenção da mídia e da opinião pública, tem ajudado a salvar espécies animais em risco de extinção: esses nomes geram interesse e curiosidade pela ciência, em particular a ciência entomológica, e esta é uma excelente propaganda para pesquisadores que trabalham todos os dias para salvar a biodiversidade da ameaça da crise climática.

Frequentemente, temos mais empatia por animais como coalas e pandas, e pouco dispostos a ajudar insetos, invertebrados e animais comumente considerados “não muito legais”. Por isso é tão importante focalizá-los: os insetos representam uma parte muito importante dos ecossistemas e seu desaparecimento é considerado uma ameaça para toda a biodiversidade.

Além do nobre propósito de conscientizar o público, há a incrível semelhança da mosca Opaluma rupaul com as roupas cintilantes de RuPaul: as patas em cores metálicas cintilantes tornam esse inseto muito parecido com aquele de quem empresta seu nome. Outras espécies de insetos, também descobertas na Austrália pelo pesquisador japonês Yun Hsiao, incluem três baratas com nomes de personagens do desenho animado Pokémon (Articuno, Zapdos e Moltres) e um gorgulho chamado Digmon (homenagem ao protagonista da série de animação japonesa de mesmo nome )

A Austrália é um dos países de maior biodiversidade, com cerca de 500.000 espécies animais – e 70% delas ainda não foram descobertas e estudadas por pesquisadores. Se prosseguirmos na velocidade atual, levará cerca de 100 anos para documentar todas as espécies australianas ainda desconhecidas.

Fonte: The Guardian

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest