Jovens Campeões da Terra: brasileiro é finalista de prêmio da ONU com seu Revolusolar

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA)acabou de  anunciar os 5 finalistas do prêmio Jovens Campeões da Terra na América Latina e Caribe. Entre eles está um brasileiro.

Eduardo Avila (25 anos) está concorrendo ao prêmio com o projeto Revolusolar, desenvolvido em parceria com duas favelas do Rio de Janeiro.

Revolusolar

O Revolusolar propõe um modelo energético acessível, sustentável e que atende as comunidades carentes através de instalações solares, treinamento profissional para os seus residentes e oficinas sobre sustentabilidade para crianças.

O objetivo da competição promovida pela ONU é apoiar e estimular jovens empreendedores com ideias inovadoras para o meio ambiente.

O projeto de Avila foi selecionado entre mais de 845 inscritos de todo o mundo.

A diretora-executiva do PNUMA, Inger Andersen, disse que:

“Apesar dos desafios decorrentes da COVID-19, as soluções apresentadas pelos finalistas deste ano são incríveis. É claro que a pandemia não interrompeu a luta por um mundo melhor. Pelo contrário, ela nos fez lembrar o que está em jogo em nossa batalha pelo planeta e destacou a importância de reconstruirmos um mundo melhor para enfrentar a crise climática e preservar a saúde humana e do planeta”.

Mais informações sobre o prêmio podem ser consultadas AQUI.

Estamos torcendo pelo projeto brasileiro ser o campeão e, assim, poder ajudar não apenas o meio ambiente, mas também todas as pessoas que se beneficiarão dele.

Talvez te interesse ler também:

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest