As Ilhas de Vanuatu proíbem sacolas plásticas, canudos e poliestireno

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Plástico banido em um dos lugares mais bonitos do mundo. As Ilhas Vanuatu, localizadas no coração do Pacífico, introduziram essa proibição em janeiro para proteger suas praias e o mar. A partir de julho, todo o plástico descartável e não biodegradável será proibido por lá.

Uma das proibições mais rigorosas do Pacífico sobre o uso de materiais plásticos entrará em vigor nas ilhas ao largo da Austrália. Não somente sacolas e recipientes descartáveis de plástico, mas também canudos e as caixas de poliestireno (isopor). A única exceção serão os plásticos que são usados ​​para conter, embrulhar ou transportar carne ou peixe.

Vanuatu é um estado insular de cerca de 80 ilhas localizadas no sudoeste do Oceano Pacífico, famoso pelas belas praias, águas cristalinas e falésias espetaculares. No entanto, a poluição dos plásticos também neste canto do paraíso tornou-se um problema crescente.

Em 2015, durante a Semana Nacional do Meio Ambiente, a Sociedade de Ciência do Meio Ambiente de Vanuatu organizou um “Clean Up Your Environment Day” em todo o país, uma iniciativa que permitiu coletar algo como 5.126 peças de lixo em quatro locais. O objeto mais comum encontrado? Sacolas de plástico e embalagens plásticas descartáveis de alimentos.

Daí veio a decisão de realmente fazer algo para limpar as ilhas. A proibição também é fruto de uma iniciativa popular. Cerca de 2000 pessoas assinaram no ano passado uma petição para apoiar a legislação para proibir o uso de sacolas plásticas descartáveis ​​em Vanuatu.

Assim, o primeiro-ministro, Charlot Salwai, em 2017 anunciou que o país proibiria o plástico para proteger o meio ambiente e os oceanos. Em janeiro, a luz verde oficial foi dada. Empresas e varejistas têm 6 meses para se adaptar às novas regras e descartar os seus suprimentos existentes. A partir de 1º de julho, será considerado crime produzir, vender ou distribuir esses itens.

“Também estamos tentando banir todas as facas de plástico, garfos, canudos”, disse o ministro das Relações Exteriores de Vanuatu, Ralph Regenvanu.

vanuatu

Toney Tevi, chefe de assuntos marítimos e oceânicos no Ministério das Relações Exteriores de Vanuatu, explicou: “Todos concordamos, depois da consulta nacional de que Vanuatu deveria estar limpa para as próximas gerações [e] manter o oceano livre de plástico, era uma grande preocupação”.

Recentemente também as ilhas Tremiti deram origem a uma iniciativa semelhante, proibindo a louça de plástico e em breve também garrafas e poliestireno.

Decisões que devem ser tomadas como exemplo no mundo inteiro. Sobre a problemática do plástico, leia também:

A SACOLA PLÁSTICA MAIS PROFUNDA DA TERRA, NA FOSSA DAS MARIANAS

À CADA REFEIÇÃO, INGERIMOS PELO MENOS 100 MICROPARTÍCULAS DE PLÁSTICO: UM ESTUDO CHOCANTE

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
greenmebrasil.com é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest