McDonald’s pede aos clientes que usem latas de lixo (enquanto continuam a produzir resíduos sem parar)

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

E aqui vamos nós novamente com as tentativas do McDonald’s de parecer “sustentável”. Desta vez, a gigante do fast food lançou uma campanha na Bélgica em que os protagonistas de seus sinais externos não são os habituais hambúrgueres da marca, mas as latas de lixo: os imperdíveis Big Bak, Bak Royal e Bak Deluxe.

©McDonald’s

Com o slogan “Propere straten, we’re lovin ‘it” , ou “Estradas limpas, estamos amando-as”, o objetivo da campanha é pedir – com décadas de atraso – que seus clientes parem de jogar lixo na rua e use as lixeiras apropriadas. Nem mesmo o esforço para promover a coleta seletiva.

Um movimento criativo, mas ainda longe da sustentabilidade. Talvez o McDonald’s não saiba que o melhor resíduo é aquele que não é produzido e que o problema do descarte não acaba no lixo. Queremos pensar que as pessoas que fizeram a curadoria desta campanha não leram o último relatório do IPCC , caso contrário, isso seria apenas um insulto a todas as empresas e consumidores que lutam há anos para realmente reduzir seus resíduos.

©McDonald’s

As franquias do McDonald’s são criticadas há muito tempo por sua gestão controversa dos resíduos gerados pelas embalagens de seus produtos. Basta recordar o relatório da Zero Waste France em que se notou que a empresa com arcos dourados apenas no mercado francês produz 1 kg de resíduos por segundo ou pensar no encerramento , no final de 2021, de alguns dos seus restaurantes em Córdoba, na Argentina, por infringirem as normas ambientais devido à má gestão de resíduos.

Como uma grande marca, temos consciência da nossa responsabilidade e do impacto que temos no problema do lixo nas ruas. A ambição? Seja parte da solução, não do problema. Mas para isso precisamos da ajuda de nossos clientes. Somente quando trabalharmos juntos teremos sucesso”, diz Philipp Wachholz, diretor de marketing do McDonald’s Bélgica.

E neste último ponto ele está certo, precisamos trabalhar juntos com ações concretas e não desincumbir responsabilidades ou distrair as pessoas com campanhas caras e criativas de problemas ambientais reais. Por exemplo, em vez de colocar o lixo nas lixeiras, seria útil promover iniciativas de desperdício zero e adotar embalagens reutilizáveis, como fazem algumas empresas muito menores.

Vamos evitar as provocações que só mostram a baixa estima do McDonald’s em relação aos consumidores e confirmam seu verdadeiro compromisso com a sustentabilidade, que não tem nada de “Big”.

Fonte: McDonald’s

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Comunicadora social especializada em jornalismo ambiental e terceiro setor, mestre em Comunicação Ambiental e em Inovação Social. Em greenMe encontrou seu habitat ideal.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest