Nova tempestade geomagnética está chegando, auroras maravilhosas são esperadas na véspera de Natal

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Este ano pode ser uma véspera de Natal inesquecível para os fãs das auroras polares, um fenômeno natural fascinante desencadeado pelas partículas elétricas do Sol que atingem a ionosfera da Terra.

De fato, nos últimos dias houve um aumento na atividade do Sol e nessas horas é esperada uma tempestade solar causada pela ejeção de massa coronal (CME), ocorrida no último dia 20 de dezembro.

De acordo com especialistas da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) que estão monitorando a situação, o impacto da nuvem de partículas carregadas com o campo magnético é esperado entre 23 e 24 de dezembro e pode causar uma tempestade geomagnética de classe G1 (classificada como “ menor ”, em uma escala de 1 a 5).

@NOAA

Apesar do baixo grau de intensidade, é muito provável que ocorram interferências nas comunicações de rádio e muito mais. O efeito colateral mais marcante das tempestades geomagnéticas são as auroras (que levam o nome de luzes do norte ou do sul, dependendo do hemisfério em que ocorrem), que deveriam ocorrer nas latitudes mais altas da Terra. Então, eles podem ser vistos no Alasca, Canadá, Escandinávia e nas áreas mais ao norte do Reino Unido.

Infelizmente, aqui no Brasil não poderemos admirar o incrível fenômeno, mas mal podemos esperar para ver as fotos dos sortudos que poderão imortalizá-lo!

Fontes: NOAA / ESA Spaceweather

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em mídia, comunicação digital e jornalismo pela Universidade La Sapienza, ela colaborou com Le guide di Repubblica e com alguns jornais sicilianos. Para a revista Sicilia e Donna, ela tratou principalmente de cultura e entrevistas. Sempre apaixonada pelo mundo do bem-estar e da bio, desde 2020 escreve para a GreenMe.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest