Voos fantasmas: 15.000 aviões vazios viajaram durante a pandemia no Reino Unido

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O isolamento da pandemia limitou nossos movimentos, nossa capacidade de viajar e visitar o mundo, alterando profundamente também nosso uso dos meios de transporte. Menos carros particulares, menos trens, menos cruzeiros, menos aviões… ou talvez não. Infelizmente, enquanto a maioria de nós coloca nossos carros na garagem (ajudando assim a limitar as emissões de gases poluentes e partículas no ar), os aviões continuaram sobrevoando – mesmo estando praticamente vazios.

É o fenômeno dos “ voos fantasmas ”, ou seja, aeronaves de transporte de passageiros que viajam com menos de 10% dos assentos ocupados. Estima-se que, dos 32 aeroportos do Reino Unido, mais de 15 mil aeronaves decolaram entre março de 2020 e setembro de 2021 – com média de 760 decolagens por mês. O Aeroporto de Londres Heathrow registrou o maior número de voos fantasmas (4.910), seguido pelos aeroportos de Manchester e Gatwick.

O avião representa o meio de transporte mais poluente que existe, pois libera enormes quantidades de carbono e outros gases poluentes na atmosfera em grandes altitudes. Saber de todos esses voos “vazios”, com o que eles acarretam em termos de danos ao meio ambiente, é muito revoltante.

Mas para que servem os voos fantasmas? As companhias aéreas os programaram, quando o tráfego aéreo era proibido aos passageiros civis, para manter os slots ativos – ou seja, a possibilidade de desembarcar em determinado aeroporto em data e horário bem definidos. Sob os atuais regulamentos de tráfego aéreo, as companhias aéreas perdem slots se não os usarem o suficiente – daí a necessidade de voar e pousar aviões, mesmo quando vazios.

Deve-se dizer, no entanto, como era de se esperar, que as regras dos slots foram revisadas em baixa nos meses difíceis da pandemia, precisamente porque o mundo inteiro se viu diante de uma situação sem precedentes: desde outubro do ano passado, após um período de cancelamento da obrigação de desembarque para a conservação dos slots, o uso do slot a 50% é novamente necessário para sua conservação (o uso deve passar para 70% até março próximo).

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest