Uma ideia brilhante: Colômbia transforma cascas de café em casas e escolas de baixo custo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A start-up Woodpecker criou um sistema construtivo inovador baseado na economia circular que permite o acesso a habitação e educação em áreas rurais. 

O terceiro maior produtor de café do mundo é a Colômbia, e é justamente lá que a Woodpecker, uma start-up de Bogotá, mudou o uso desse precioso grão, desenhando um sistema construtivo alternativo e sustentável no qual ele e suas cascas serão utilizados como matéria-prima.

Woodpecker

©Woodpecker

Graças às propriedades naturais da casca do café – um material recuperável na fase de torra semelhante ao papel que envolve o grão – foi possível obter um material de construção durável, leve, econômico, resistente ao fogo e versátil que é utilizado para fazer casas e salas de aula pré-fabricadas em áreas vulneráveis ​​da Colômbia a um preço acessível: cerca de 3750 euros (quase 25 mil reais) por casa.

Woodpecker

Escola em Bagadó, Colombia ©Woodpecker

O Woodpecker, percebendo como grandes quantidades de cascas de café eram normalmente tratadas e descartadas como resíduos, contribuindo para o aumento das emissões de metano, pensou em encontrar uma forma de utilizá-las como matéria-prima combinada com resíduos de plástico para criar um novo material para construção muito mais sustentável.

Considerando que o país sul-americano está entre os líderes mundiais na produção de café e que para muitos colombianos é um desafio ter uma casa digna, a ideia só poderia ser brilhante. Eles conseguiram encontrar uma maneira de explorar o excesso de resíduos, ajudando a resolver um grande problema para o país.

Em algumas partes do mundo, construir escolas e casas não é tão fácil. Ser capaz de chegar a locais remotos com materiais de construção leves o suficiente para serem transportados em um pequeno barco, helicóptero ou burro, é essencial.

Woodpecker

©Woodpecker

Vimos que havia uma grande necessidade de um sistema construtivo leve para casas e salas de aula em locais rurais e isolados onde os sistemas construtivos tradicionais, como tijolo, concreto e concreto, não chegam”, explica Alejandro Franco, gerente geral de Woodpecker. 

Edifício verde, economia circular, café, redução de plástico, acesso a uma casa… as dimensões deste projeto são enormes e de grande impacto ambiental e social. Graças ao Woodpecker, tomar um café agora será um momento ainda mais especial.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista freelance, nascida em 1977, formada com honras em Ciência Política, possui mestrado em Responsabilidade Corporativa e Ética e também em Edição e Revisão.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest