Alho: melhor cru ou cozido? Os truques que você pode não saber para torná-lo mais digerível

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O alho é um tubérculo muito saudável e rico em propriedades que devemos comer com mais frequência. Mas como é melhor consumi-lo e cozinhá-lo para aproveitar todos os benefícios que ele pode oferecer ao nosso corpo?

Conhecido por seu sabor e cheiro pungentes e capaz de dar sabor a vários pratos, o alho é geralmente um ingrediente amado ou odiado. Se é usado na cozinha como tempero, a forma como é consumido e adicionado às preparações é bastante comum. No entanto, é diferente se você também pretende consumi-lo para sua saúde, explorando suas propriedades que o tornam um verdadeiro medicamento natural com poder antibacteriano, anticoagulante, hipocolesterolêmico e anti-hipertensivo.

Veja como comer alho e desfrutar de seus benefícios máximos, limitando o desconforto:

Coma cru

O alho cozido perde a maior parte das suas propriedades à medida que as altas temperaturas degradam o ingrediente ativo mais importante contido no bulbo: a alicina. Para aproveitar ao máximo os benefícios que oferece, é aconselhável consumi-lo sempre (ou o máximo possível) cru. Não se preocupe com o problema da respiração também. Existem alguns truques para comê-lo cru e não comprometer muito o nosso hálito.

Pique-o finamente

Não basta comê-lo cru, o alho deve ser sempre picado ou bem mastigado, pois a alicina é liberada mais uma vez que o bulbo é cortado. O melhor seria cortá-lo, esperar 10-15 minutos e só depois consumi-lo.

Alho cozido

Se o alho cru não é para você, mas consegue comê-lo cozinhado em várias receitas, saiba que, para conservar melhor as suas propriedades, pode primeiro cortá-lo ou esmagá-lo, deixar repousar 10 minutos (mas há quem diga para chegar até 45 minutos) para que libere toda a alicina e só depois cozinhe. Desta forma, o precioso ingrediente ativo deve tornar-se não apenas mais biodisponível, mas também um pouco mais resistente ao calor (no entanto, tente cozinhá-lo o menos possível em baixas temperaturas, evitando refogados e frituras).

Consuma com o estômago vazio

O ideal, para quem conseguir, seria consumir o alho cru, previamente picado e de estômago vazio. Excelentes benefícios para a saúde podem ser encontrados consumindo alho todas as manhãs assim que você acordar (um remédio natural, no entanto, adequado apenas para os mais intrépidos!).

Retire a alma

Pode ser útil privar o alho de sua alma, que é a parte mais interna, caso seja difícil de digerir. Na verdade, esta é a parte mais pesada do tubérculo que pode incomodar algumas pessoas, desencorajando-as a usar todo o alimento.

Alho fresco e orgânico

Um alho muito velho não garante a presença dos mesmos ingredientes ativos de um alho fresco (já pensou em plantá-lo no jardim ou na varanda?). Então escolha sempre de origem orgânica.

A quantidade certa de alho

Todos os dias você deve consumir 2 dentes de alho de tamanho médio. Quantidades menores não são suficientes para garantir os benefícios à saúde.

Infusão de gengibre e alho e pasta de alho

Duas maneiras originais e saudáveis ​​de consumir alho são fazer uma infusão usando este tubérculo em combinação com gengibre ou fazer do alho uma pasta para usar onde preferir.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest