Em defesa de Sansão, assine a petição para aumentar a pena para quem maltrata animais 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Já diz a máxima que quem faz mal aos animais, certamente faz mal às pessoas também. A falta de respeito pela vida é uma constante cruel e que traz, cotidianamente, notícias tristes, como hoje temos a de Sansão.

O cão da raça Pitbull foi amarrado a um poste com arame e teve as duas patas traseiras decepadas por dois criminosos, em Confins, Minas Gerais. O cachorro passou por cirurgia, mas ainda corre risco de morrer. Apesar de já identificados e levados à Polícia, dificilmente eles vão ser presos.

ATENÇÃO: cenas fortes, vídeo não recomendado a pessoas sensíveis

Crime que não dá cadeia

Maltratar animais entra como crime, de acordo com o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais. Porém, por ser considerado de menor potencial ofensivo, a pena é de detenção, que varia de 3 meses a um ano, e pode ser aumentada até um sexto, caso o animal morra.

Mas na prática, dificilmente esse ato prende alguém. O criminoso acaba fazendo apenas prestação de serviços.

No entanto, um Projeto de Lei de autoria do deputado federal Fred Costa (Nº 1095/19) prevê prisão de dois a cinco anos para quem cometer crimes de maus-tratos contra animais. Atualmente, o Projeto de Lei está aguardando aprovação no Senado.

Assine a petição

Na internet, existe uma petição para que o PL seja aprovado. Isso é importante para evitar mais casos como o de Sansão, que é um entre muitos em uma triste estatística.

Clique AQUI para assinar.

Talvez te interesse ler também:

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Paulistana formada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro, tem o blog Mamãe me Cria e escreve para GreenMe desde 2017.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest