Uma gata visita o túmulo do seu dono, que morreu há dois anos, todos os dias

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Não é a primeira vez que um animal fica ao lado de seu dono mesmo após a morte. Há tempos nos maravilhamos com a fidelidade dos animais de estimação, que vão passar os dias nos locais onde viram pela última vez os seus humanos mortos (ou que foram muito frequentados em vida).

Locais de trabalho, hospitais, cemitérios. Ou até estações de trem (lembrando o famoso Hachikō, que originou o filme “Para sempre ao seu lado”).

Bem, não só os cães fazem isso, mas também os gatos. A última protagonista é Nana, uma gata que nos deixa emocionados com seu apego.

O animal, do estado malaio de Kelantan, visita todos os dias o túmulo de seu dono, que morreu há dois anos.

É o que diz aos jornais a filha de Abdul Aziz Ismail, dono da Nana. Depois que seu pai morreu, a gata parou de comer e perdeu o apetite por três meses.

O sofrimento de Nana é mais uma evidência do vínculo eterno que une cães, gatos e outros animais de estimação a seus donos.

E que, apesar da reputação de animais selvagens e independentes, os felinos são afetuosos e inseparáveis ​​de seus humanos. Para sempre juntos.

Fonte: RuptlyTV / NST

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Após terminar o bacharelado e o mestrado em tradução, tornou-se jornalista ambiental. Ganhou o prêmio jornalístico “Lidia Giordani”.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest