A história do poodle que há 4 anos visita sua dona no cemitério

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Benito é um poodle preto que perdeu a dona há quatro anos, mas nunca a esqueceu: desde então, junto com sua nova família, ele a visita no cemitério e permanece deitado sobre o túmulo da mulher. Uma cena muito doce que tocou o coração de todos.

A história foi compartilhada no Twitter por Belén, irmã de Joha, que faleceu prematuramente. O vídeo mostra uma das muitas visitas de Benito ao cemitério de Villaguay, município da província de Entre Ríos, na Argentina.

 “Veja este amor incondicional. Joha é minha irmã, ela morreu há 4 anos e esse é Benito, o cachorro dela, que a acompanhou nos últimos 2 anos de sua vida e continua fazendo isso até hoje”, diz o relato.

Cada vez que Benito chega ao cemitério, deita-se no caixão de Joha, que nasceu com problemas cardíacos, celíacos e artrite. Em 2016, a mulher de 25 anos foi operada e colocou um marca-passo, mas não sobreviveu à operação.

A mulher e seu poodle eram inseparáveis. Benito vivia em simbiose com a dona, então a perda foi devastadora para ele também. Mas o cachorrinho ficou com a família de Joha e dá força a todos. A postagem de Belén se tornou viral nas redes sociais.

“São os seres mais maravilhosos que existem, simplesmente porque são os únicos que nos dão o seu amor eterno e incondicional”.

A história de Benito não é rara, já contamos muitas vezes sobre o amor dos animais pelos seus humanos desaparecidos, provando que são seres que nunca param de nos surpreender.

Fonte: Bele_dure/Twitter

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista profissional, possui graduação em Ciência Política e máster em Comunicação Política. Se preocupa especialmente com temas sociais e direitos dos animais.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest