O óleo de coco também pode ser ótimo para os cães. Veja como usá-lo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O óleo de coco também tem muitos benefícios para nossos amigos de quatro patas. Descubra os 9 usos alternativos para o bem-estar do cão.

óleo de coco  pode ser usado para o bem-estar do cão. Embora nem todos os veterinários concordem com os benefícios do óleo de coco para nossos amigos peludos, a ciência é a favor de usá-lo de maneira moderada.

Por que usar óleo de coco em cães

O óleo de coco pode ser usado em nossos amigos peludos para:

  • melhorar o cheiro do pelo
  • tratar pele seca ou com coceira, manchas e até picadas de insetos
  • amaciar o pelo e deixá-lo-o mais brilhante
  • evitar a formação de bolas de pelo
  • promover a digestão graças aos triglicerídeos de cadeia média (abreviadamente MCT). Alguns veterinários afirmam até que os triglicerídeos de cadeia média, como o óleo de coco, podem melhorar o desempenho cognitivo, especialmente se o cão for mais velho.
  • ajudar ossos e articulações, incluindo acalmar as dores da artrite
  • combater vírus, fungos e microorganismos graças ao ácido láurico, que possui propriedades antifúngicas e antivirais.

Obviamente, é importante ressaltar que este produto não consegue eliminar completamente vírus e bactérias, portanto, deve-se considerar o óleo de coco como um excelente suplemento, mas não como substituto de medicamentos.

9 maneiras de usar o óleo de coco para o bem-estar do seu cão

O óleo de coco é bom para cães? A resposta é sim, mas apenas quando usado corretamente e em pequenas quantidades. De fato, os benefícios do óleo de coco são muitos, mas como você o introduz na rotina de seu amigo peludo?

Abaixo você encontrará 9 formas alternativas de usar o óleo de coco e melhorar o bem-estar do seu animal de estimação.

Suplemento dietético

Uma das melhores maneiras de usar o óleo de coco é adicioná-lo à dieta do seu cão como suplemento; assim, você irá tratá-lo por dentro e melhorar a saúde da pele e dos poros.

Como? Basta colocar uma pequena quantidade de óleo de coco diretamente na tigela na hora da alimentação. Qual é a quantidade certa a ser usada? Lembre-se de que, ao incluir óleo de coco na refeição do seu animal, você precisa começar com uma quantidade muito pequena e aumentar a dosagem progressivamente.

A razão? Este ingrediente se usado excessivamente imediatamente pode perturbar o intestino do cão. Em caso de dúvidas e preocupações, recomendamos que consulte o seu veterinário.

Disfarçar os remédios

Dada a consistência característica do óleo de coco, que se assemelha um pouco à manteiga de amendoim espessa e encorpada, pode ser usado como meio para encobrir e disfarçar os medicamentos a serem administrados ao cão.

Eficaz como pasta de dentes para a saúde dos dentes de cães

O óleo de coco tem propriedades antimicrobianas que o tornam um ótimo substituto para o creme dental para cães, especialmente os que não gostam do sabor do creme dental clássico. Como usá-lo? É muito simples, basta aplicar uma pequena quantidade no dedo ou em uma escova de dente profissional e passar o óleo diretamente nos dentes do animal pelo menos algumas vezes por semana.

Eficaz em poros, pele e pelo

O óleo de coco demonstrou melhorar a pelagem, os poros e a pele do cão, quando usado corretamente. Lembre-se de esfregar óleo de coco nos poros, pele e pelo de seu cão com as mãos ou com uma toalha grande o suficiente.

Caso seu cão tenha coceira ou ressecamento da pele, aplique óleo de coco e massageie suavemente até a completa absorção. Você também pode esfregar nos dedos e depois massagear o pelo do cachorro; essa também é uma ótima maneira de fazê-lo relaxar e mimá-lo.

Se ele tem alergia, pode usar óleo de coco, mas recomendamos que primeiro entre em contato com seu veterinário de confiança.

Proteção contra pulgas e carrapatos

O óleo de coco não só funciona como um hidratante natural para o cão, mas também pode ser um repelente natural para pulgas e carrapatos.

Obviamente, no caso das pulgas ou de outros parasitas, o conselho não é usar o óleo de coco como substituto do repelente clássico, mas simplesmente como um produto a acrescentar na cura.

Eficaz em caso de lesões

Outra forma eficaz de usar o óleo de coco para o bem-estar do cão é tratar feridas, pois este produto tem propriedades antibióticas. Os veterinários descobriram especificamente que o óleo de coco é bom para patas quebradas, cortes causados ​​por brincadeiras no parque e até mesmo lesões autoinfligidas por cães que mordiscam patas com coceira, especialmente durante a temporada de alergias.

Melhorar a digestão

O óleo de coco melhora a digestão e elimina o mau hálito do animal de estimação. Além disso, também é eficaz no caso de problemas intestinais, como colite e síndrome inflamatória do intestino.

Fortalece o sistema imunológico

Graças às suas propriedades antiinflamatórias e antivirais, o óleo de coco é excelente para fortalecer as defesas imunológicas do cão, além de atuar na prevenção de alguns tipos de tumores.

Eficaz na perda de peso

O óleo de coco ajuda a regular a função da tireoide e, como resultado, é eficaz para garantir a perda de peso. Além disso, contém ácidos graxos de cadeia média, muito mais fáceis de serem absorvidos pelo intestino e capazes de regular o peso corporal do animal.

Qual é o melhor óleo de coco para cães?

O benefício de introduzir o óleo de coco na rotina de bem-estar do seu cão é que ele é um produto alimentar que você provavelmente já tem na despensa da cozinha.

No entanto, existem óleos de coco melhores do que outros; em particular, você precisa procurar um óleo de coco não refinado, ainda melhor se for orgânico e prensado a frio.

 Óleo de coco: contra-indicações

Como mencionado acima, o óleo de coco é ruim quando usado em excesso até para os humanos.

Quanto aos animais de estimação, quando usado em grandes quantidades pode prejudicar a saúde intestinal do seu amigo peludo. Portanto, o conselho é sempre monitorar as fezes do animal, e em caso de diarreia é necessário interromper a administração por alguns dias, antes de tentar novamente com uma dose menor.

Além disso, pode acontecer que o animal seja alérgico ao óleo de coco. Por isso, se você notar algumas manchas no abdômen ou outros sinais de reações alérgicas, pare de dar óleo de coco e tente alternativas como o óleo de linhaça  (boas fontes de ácidos graxos ômega-3 ).

Lembre-se também de que você não deve usar óleo de coco se tiver um cachorro com excesso de peso, pois é muito rico em gordura e calorias.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Após terminar o bacharelado e o mestrado em tradução, tornou-se jornalista ambiental. Ganhou o prêmio jornalístico “Lidia Giordani”.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest