Entenda os sons que seu gato faz. Ele pode até latir!

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Sabia que o seu gato faz muito mais do que miar ou ronronar? Dependendo do humor, ele pode até latir e tagarelar. É isso mesmo.

Os especialistas em medicina veterinária afirmam que o arranjo da laringe, traqueia e diafragma dos gatos é bastante semelhante ao dos cães, então, caso o gato as use da mesma forma que os cães, ele poderá produzir um som bem parecido com o latido de um cachorro, caso esteja sob uma forte excitação, animado, irritado, bravo ou desesperado. Nesse caso, o “latido” será como um miado mais forçado.

O gato também pode aprender a reproduzir esse som ao repetir algo que esteja ouvindo por diversas vezes, seja de um cachorro de estimação na mesma casa ou o pet do vizinho.

©Real Moment/Shutterstock

Veja os sons emitidos pelos gatos

Os gatos podem emitir aproximadamente 100 sons diferentes, entre os miados, ronrons e uivos, e cada um deles, ou o conjunto, são usados para se comunicar e expressar seus sentimentos.

Miado

O som mais comum entre os gatos, é mais frequente com gatos filhotes, pois nascem com a audição pouco desenvolvida e demoram algum tempo para abrir os olhos, por isso os miados são mais altos e parecem um pouco desesperados – normalmente por estarem com fome.

Os gatos adultos geralmente só miam quando querem se comunicar com os humanos – isso mesmo! Eles fazem isso para se comunicarem com os tutores, que com a ajuda da liguagem corporal do gato consegue entender o que ele quer.  Especialistas dizem que os gatos miam imitando o choro dos bebês, como uma forma de “manipular” e conseguir o que querem. Geralmente maim para pedir carinho, petiscos, ração, porque querem sair, etc.

Ronronado

Esse som é uma delícia de se ouvir e nos transmite  tranquilidad, já que os felinos costumam fazer isso quando estão ao lado dos tutores, felizes, relaxados e recebendo carinho.

Mas fique atento: o ronronado também é usado como uma forma do gato se acalmar, o quando estão doente. Uma mãe gata também pode ronronar para acalmar os filhotes, ou mesmo para guia-los pelo som, enquanto ainda não estão com a visão plenamente desenvolvida.

Trinado

Um som que é um misto de miado e ronronado, é mais usado por fêmeas quando estão se comunicando com os filhotes. Quando um gato adulto emite este som para um humano ele está demonstrando carinho.

Tagarelado

Esse som estranho é bem curto e repetitivo. Ele chega até a ser um pouco assustador. Normalmente é emitido quando o gato avista alguma presa, mas está fora do alcance.

Este som transmite excitação em um momento de possível caça e se caracteriza por ser vibratório e pelo movimento da mandíbula do animal.

Rosnado

Esse é um som bem popular na internet, quando o gato parece estar dizendo “não, não, não”. Os gatos rosnam quando estão irritados, bravos ou acuados.

Se o seu pet começar a rosnar com frequência e sem motivo aparente, procure logo um veterinário. Ele pode estar com fortes dores.

Bufo

O gato emite este som como uma forma de defesa, quando estão se sentindo ameaçados por algum animal estranho ou até em uma visita ao veterinário. Este som é geralmente acompanhado de orelhas encolhidas, pelos eriçados, e costas arqueadas.

Uivo

É um miado mais intenso, quando muito prolongado chega a ser quase agoniante para ouvidos humanos. Este som transmite preocupação e desconforto, seja por problemas territoriais (quando um gato estranho aparece no quintal, por exemplo) e até durante o acasalamento.

Gatos que mudam de ambiente repentinamente ou que estejam sentindo dores também podem reproduzir este som.

Grito

Geralmente os gatos gritam quando estão bravos ou amedrontados, em caso de briga com outros animais, o comum é que o gato que gritar seja o que está em desvantagem. Outro motivo também pode ser alguma dor.

Sons sexuais

Esse som é emitido por gatos e gatas não castrados, na época do acasalamento, para atrair parceiros. Os gatos machos também podem emitir esse som como uma forma ameaçadora, para indicar a outros machos que ele já está em determinado território.

Fonte: canaldopet

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest