Com que frequência você leva seu cachorro para passear? Será que está caminhando com ele o suficiente?

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Para muitos cães, dar um passeio pode ser o ponto alto do dia. Mas há algumas coisas a se ter em mente, porque a necessidade de exercícios dos cães varia de acordo com sua idade, tamanho e raça. Você também deve escolher atividades que se adaptem à personalidade, às condições médicas e aos interesses do seu animal. Aqui estão algumas dicas úteis para entender com que frequência e como andar com seu melhor amigo.

Quantas vezes você deve levar seu cachorro para passear

Os cães, assim como os humanos, mantêm-se saudáveis se fizerem exercícios cardiovasculares regulares . A maioria dos cães adultos precisa de 30 minutos a duas horas de exercícios por dia; no entanto, a quantidade exata é ditada por uma variedade de fatores, incluindo idade, raça, tamanho e saúde geral.

Quando se trata de passear com o cão, a moderação é essencial, pois muito exercício não é bom, especialmente se o animal de estimação for uma raça pequena e braquicefálica ou um cão idoso com um problema de saúde que o torna fraco e particularmente delicado. É sempre melhor consultar o seu veterinário para desenvolver um plano de exercícios específico.

Além disso, para alguns cães, uma caminhada diária pode ser muito emocionante. Na verdade, muitas vezes pode acontecer que alguns animais de estimação fiquem superestimulados ou estressados ​​ao caminhar , especialmente se eles vivem em um ambiente urbano e, uma vez fora de casa, encontram novos sons, ruídos, pessoas e atividades opressoras. É preferível, especialmente no caso de cães mais sensíveis, procurar outras formas de mantê-los ativos mesmo em casa, por exemplo, propondo jogos de treino específicos.

4 fatores a serem considerados ao levar seu cachorro para passear

Para obter o máximo benefício de cada caminhada, existem alguns fatores a serem considerados antes de colocar seu cão na coleira e sair.

Duração do passeio

Para os filhotes, a introdução de uma rotina de exercícios é importante porque ajuda a construir um circuito emocional positivo. À medida que sua resistência e crescimento aumentam, você pode aumentar gradualmente a extensão e a duração das caminhadas; É importante ensinar seu filhote a andar na guia para que você desenvolva uma rotina de caminhada que seja agradável para ambos.

Mesmo se você tiver cães pequenos, sempre deve caminhar no seu próprio ritmo e evitar os movimentos repetitivos e pesados ​​da corrida até que o crescimento ósseo esteja completo. O motivo? O exercício extremamente vigoroso em um cachorrinho também está relacionado a um risco aumentado de displasia do cotovelo e do quadril . Com cães mais velhos, no entanto, é importante prestar atenção às suas dicas, pois chegará um ponto em que eles não terão a resistência de antes; para eles, você prefere caminhadas mais curtas, mas mais frequentes.

Tamanho do se cão

O tamanho é outro fator importante a se considerar, principalmente se você tiver um cão grande, que tem maior chance de desenvolver problemas ortopédicos.

Condições saudáveis

Existem várias condições de saúde e ambientais que podem dificultar a caminhada, tais como:

  • paralisia laríngea ou doença laríngea (que causa o estreitamento das vias aéreas do cão)
  • enjôo
  • síndrome braquicefálica (o que dá a raças como buldogues, buldogues franceses e boxers faces achatadas)
  • condições climáticas extremamente quentes que podem causar exaustão por calor ou insolação
  • condições climáticas extremamente frias que podem causar hipotermia e ulcerações

Ambiente doméstico

A necessidade de exercício de um cão não muda dependendo do ambiente doméstico. Na verdade, alguns donos de animais que vivem em um ambiente urbano menor podem explorar outras oportunidades, como usar uma esteira, uma ótima maneira de fazer seu amigo de quatro patas se mexer. Quem mora em campo aberto, por outro lado, pode abrir a porta e deixar o cachorro livre para explorar.

Uma dica para tornar a caminhada mais agradável é mudar o roteiro ; assim o cão vai adorar ver novas paisagens e, claro, farejar e descobrir novos cheiros.

Acessórios essenciais

Para um passeio perfeito com seu cachorro, existem acessórios essenciais, como:

  • microchip e placa de identificação são importantes principalmente se você deixar o animal livre para explorar, a fim de evitar inconvenientes desagradáveis ​​durante a caminhada
  • guia: primeiro escolha uma guia com a qual você se sinta confortável. É importante que não escorregue nas suas mãos e que seja fácil de manusear. Ao caminhar ao ar livre, opte por um modelo longo, a fim de permitir ao seu animal mais liberdade de movimento, enquanto ao caminhar em uma área movimentada ou perto de uma estrada movimentada, recomendamos mudar para uma guia mais curta para manter o cão mais próximo de você
  • sacos de areia, pois andar frequentemente faz com que o trato digestivo de seu animal de estimação flua.
Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em Línguas e Civilizações Orientais pela Universidade de Roma La Sapienza. Possui vários anos de experiência em comunicação digital. Apaixonada por beleza, fitness, bem-estar e moda sustentável.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest