Contra sofrimento de animais, Noruega proíbe criação de duas raças de cães

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A Noruega tomou a decisão inédita de proibir a criação de duas raças de cães, devido ao sofrimento que experimentam pelas peculiaridades que os tornam atraentes, como o crânio pequeno, ou o focinho muito achatado.

O tribunal de Oslo proibiu a criação do buldogue inglês e do Cavalier King Charles Spaniel, por vivenciarem sofrimentos incompatíveis com a lei de proteção dos animais. Essas raças desenvolveram doenças hereditárias em quase todos os indivíduos, ou na totalidade.

“Muitas raças reprodutoras são muito endogâmicas e carregam muitas doenças”,

explicou à AFP a presidente da Sociedade Protetora dos Animais norueguesa, Åshild Roaldset, que entrou com o processo contra empresas do setor e contra criadores privados.

“Temos que mudar a maneira como criamos os cães. A forma como fazemos isso talvez fosse aceitável há 50 anos, mas não agora”, acrescentou.

O buldogue, muito dócil e popularizado no desenho animado Piu-Piu e Frajola, acumula dificuldades respiratórias, por causa de seu focinho achatado, além de problemas dermatológicos, reprodutivos e ortopédicos.

Mais da metade desses cães nascidos nos últimos dez anos na Noruega é fruto de cesárea.

“A incapacidade genética da raça para parir naturalmente é uma das razões pelas quais o buldogue não pode mais ser usado para reprodução”, consideraram os juízes.

No caso do Cavalier King Charles Spaniel – que conquistou o coração de muitos personagens históricos e de celebridades, como Louis XIV, Ronald Reagan e Sylvester Stallone -, sua constituição torna-os, muitas vezes, propensos a sofrerem dores de cabeça pelo crânio muito pequeno, insuficiência cardíaca e problemas oftalmológicos.

Para Roaldset, a insuficiência da diversidade genética em escala mundial leva essas raças à extinção.

“E isso será muito doloroso para os animais, porque terão cada vez mais doenças”, acrescentou.

Parabéns, Noruega! Devemos amar e respeitar os animais por suas características naturais.

Fone: g1
Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest