Criança de Chenobyl

A guerra por dentro, vista pelos olhos de uma antiga “criança de Chernobyl”

“Agora eles começaram a atirar. Se der, te ligo mais tarde”. Assim termina a ligação com Sasha, 36, de Kiev. Ele...
Siga no Facebook
Siga no Pinterest