Conheça 10 lugares exóticos que você NÃO pode visitar

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Estamos acostumados a ouvir sobre os lugares exóticos que as pessoas visitam. Ao ver lugares como esse, você pode pensar em adicioná-lo à sua lista de férias. Mas existem também os lugares que você deve manter bem longe ou até proibidos, de ilhas infestadas de cobras a bases militares ultrassecretas. Conheça e surpreenda-se com os lugares exóticos que você não deve conhecer.

Ilha Morgan, Carolina do Sul, EUA

Ilha Morgan, Carolina do Sul, EUA

@noticias.r7.com/

Quando você vê macacos, pode pensar que é uma ilha tropical muito distante, mas eles estão América do Norte. Cerca de 4.000 macacos rhesus vivem na Ilha Morgan, na Carolina do Sul, mas não são nativos dessas terras. Então, como eles chegaram lá? Esses rostos adoráveis ​​foram realocados de Porto Rico após um surto do vírus do herpes tipo B.

Antes da chegada dos macacos, a ilha era desabitada. É ilegal a visita de pessoas para sua própria segurança e a dos animais. Embora pareçam adoráveis, não são especialmente amigáveis. Apenas alguns investigadores podem entrar na Ilha Morgan.

Svalbard Global Seed Vault, Noruega

Svalbard Global Seed Vault, Noruega

@regjeringen.no

Só de olhar para a foto, você dirá que não é um lugar fácil de encontrar, e por uma razão lógica. O Svalbard Global Seed Vault também é conhecido como o “Cofre do Fim do Mundo” (End of the World Vault) e é um lugar importante para todos nós. É o lar de 100 milhões de sementes de todo o mundo.

Você se pergunta por que elas estão tão fortemente guardadas. Se houvesse um terrível desastre mundial que destruísse todo o reino vegetal, as sementes poderiam restaurar a vegetação natural. Foi construído para lidar com um grande desastre natural e está bem acima do nível do mar, caso suba. Curiosamente, não há interesses políticos, mesmo a Coréia do Norte contribuiu com sementes.

Ilha Sentinela do Norte, Índia

Ilha Sentinela do Norte, Índia

@dn.pt

Ao largo da costa indiana, no porto de Bengala, há uma pequena ilha chamada Ilha Sentinela do Norte. Com águas azul-turquesa e belas praias, pode-se pensar que é um destino de férias perfeito, mas os turistas não são bem-vindos. Os indígenas, conhecidos como Sentineleses, rejeitam qualquer tipo de contato com o mundo exterior. É um dos poucos lugares do mundo que permanece intacto.

Ilha Northen Brother, EUA

Ilha Northen Brother, EUA

@jornalciencia.com

A ilha no East River de Nova York tem um passado triste. Depois que um navio afundou, cerca de 1.000 passageiros se refugiaram lá. Em seguida, tornou-se um hospital para doenças contagiosas; incluindo Mary Mallon, mais conhecida como Typhoid Mary.Elafoi aprimeira paciente de febre tifóide, e infectou outras 50 pessoas. Hoje em dia a ilha está abandonada e se transformou em um santuário para aves.

Caverna Lascaux, França

Caverna Lascaux, França

@pitchup.com

Embora as cavernas de Lascaux na França sejam patrimônio da UNESCO, elas não estão abertas ao público. Desde 1963, a França proíbe o público de entrar nas cavernas, pois os fungos podem destruir sua preservação. Mas por que essas cavernas são tão importantes? Porque a caverna possui mais de 600 exemplos de arte pré-histórica, que datam de 20 mil anos. Apesar de não poder visitá-la, existe um museu-réplica bem ao lado.

Arquivos Secretos do Vaticano, Vaticano

Arquivos Secretos do Vaticano

@minilua.com

Se você já se perguntou sobre os segredos relacionados à Igreja Católica, vai continuar sem resposta, pois os Arquivos Secretos do Vaticano estão sob extrema segurança. Os arquivos contêm documentos que datam do século 8, incluindo livros contábeis papais, uma carta de Michelangelo ao Papa Júlio II e uma carta da Rainha Maria da Escócia escrita antes de sua execução.

O misterioso cofre está localizado no subsolo e tem 53 milhas de prateleiras. Ninguém pode entrar, exceto pesquisadores que possuem licenças especiais, mas têm suas limitações. Alguns segredos nunca serão revelados.

Portão do Inferno, Turquia

Embora a Turquia tenha muitos lugares incríveis para você visitar, há um que está fora dos limites para sua segurança. O Portão de Plutão em Hierápolis, Turquia, remonta aos tempos antigos e as pessoas não ousam chegar perto dele. Diz a lenda que ninguém sobreviveu lá, e um historiador jogou três pardais dentro para testar, e eles morreram imediatamente.

Em 1965 os cientistas confirmaram a lenda quando descobriram que os níveis de CO2 eram tão altos devido à atividade vulcânica da região. Qualquer ser vivo não poderia sobreviver mais do que alguns segundos ali.

Pirâmide Chichen Itza, México

maya

@123rf/jiss
VIVERE

Você pode se surpreender ao constatar que este destino é um dos mais procurados por milhões de turistas que visitam a Pirâmide Chichén Itzá a cada ano. No entanto, mesmo que você possa visitá-lo, as pessoas não têm permissão para carregá-lo. Até 2006 as pessoas podiam fazer isso, mas um trágico acidente causou o fim disso.

Santuário de Ise, Japão

santuario-ise

@marcotogni.it

Quando se trata de cultura de santuários, o Japão a aperfeiçoou completamente. Existem cerca de 80.000 santuários, mas nenhum é tão importante quanto o Santuário Ise. O templo cuidadosamente construído é o mais caro devido à sua arquitetura, mas nenhum prego foi usado.

O santuário é construído a cada 20 anos para simbolizar a morte e o renascimento, mas ninguém tem permissão para visitá-lo porque é altamente sagrado. A menos que ele seja um membro da família imperial japonesa ou um sacerdote, você provavelmente o verá atrás da cerca de madeira.

Ilha das Cobras, Brasil

ilhas das cobra

@insoonia

Embora fique triste ao saber que não poderá visitar alguns destinos desta lista, este não é um desses casos. A Ilha Da Queimada Grande, no Brasil, mais conhecida como Ilha das Cobras, fica a apenas 150 km da costa de São Paulo e abriga um número enorme de cobras, entre uma e cinco cobras para cada três metros quadrados.

Fonte: historictalk

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest