Conheça a vila pitoresca e colorida da Sardenha que parece uma pintura

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Bosa é uma antiga aldeia da província de Oristano (Sardenha) com um encanto extraordinário pelas ruas das suas casas coloridas que criam um efeito verdadeiramente sugestivo à distância. Há alguns anos Bosa conquistou o segundo lugar como a vila mais bonita da Itália depois de Gangi na Sicília, durante a competição nacional lançada pelo programa de TV “Il Kilimanjaro”.

Habitada desde a época fenícia, Bosa teve vários domínios até à colonização romana e é famosa não só pela sua bela paisagem que nasce no Temo, o único rio navegável da Sardenha, mas também pela transformação de tecidos, bordados de filé e cestos trançados.

Ao passear é possível notar uma variedade ilimitada de plantas e árvores da mata mediterrânea, o mesmo se passa do ponto de vista faunístico, em Bosa, aliás, nidificam-se 58 espécies protegidas, entre as quais o grifo.

Os amantes do trekking e da observação de pássaros podem admirar o espetáculo oferecido pela Reserva Natural Badde Aggiosu, Marrargiu e Monte Mannu. Os caminhos, no entanto, são selvagens e a conformação do território nem sempre permite que caminhantes inexperientes tenham acesso a todas as áreas.

Bosa foi rebatizada de “Cidade do Sol” , sua antiga vila de Sa Costa fica parcialmente empoleirada nas encostas da colina de Serravalle, no topo da qual está o castelo com o mesmo nome, construído pela família toscana Malaspina entre os dias 12 e 13 séculos. Reza a lenda que existe um caminho subterrâneo que liga o castelo à catedral e que foi utilizado pela jovem castelão porque o marido, extremamente ciumento, não a deixava sair.

Então, para ir orar, ele tinha que passar por aqui. Também de acordo com contos antigos, o próprio Marquês matou sua esposa de raiva, cortando todos os dedos de suas mãos. Diz-se que o espírito da jovem noiva ficou aprisionado no castelo, onde a sua presença ainda hoje se faz sentir.

Na margem esquerda do rio está o pitoresco distrito artesanal de Sas Conzas, com seus grandes edifícios com vista para o Temo, que já foi o local das atividades dos trabalhadores.

Mas mesmo os amantes do mar e das praias não ficam desiludidos com Bosa porque tem enseadas maravilhosas.

A envolvente existe uma rica tradição gastronómica e de processamento de azeite e vinho, enfim, uma vila que vale a pena visitar.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista profissional, possui graduação em Ciência Política e máster em Comunicação Política. Se preocupa especialmente com temas sociais e direitos dos animais.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest