Boas notícias de 2020 para iniciarmos 2021 com otimismo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

2020 foi um ano terrível para todos, mas não faltaram boas notícias em meio ao caos geral causado pela pandemia. Num momento que continua a ser tão difícil, é importante recordar isto para não desistirmos e recuperarmos (pelo menos um pouco) o otimismo.

Porque embora no mundo ainda existam injustiças, guerras, fome, violência e todas as coisas que não podemos e não devemos esquecer, no decorrer do ano que terminou, muitas coisas boas também aconteceram, tanto na frente ambiental como no que diz respeito a direitos. Aqui estão algumas notícias para nos inspirar e não perdermos a esperança.

  1. Graças às numerosas chuvas e à ausência incomum de turistas devido às medidas anti-Covid, este ano no Quênia a vegetação se desenvolveu mais do que o normal e 140 filhotes de elefantes apareceram. Pode parecer pouco, mas na realidade é um registro real;
  2. Embora o bloqueio não tenha sido suficiente para melhorar a crise climática, há boas notícias. As emissões globaisde carbono diárias, em abril, foram reduzidas em 17% a níveis não vistos desde 2016. Essa tendência infelizmente está destinada a mudar, a menos que a crise finalmente abra os olhos dos governos do mundo;
  3. A indústria do carvão, novamente devido à pandemia,sofreu um golpe severo. E a crise aumentou o uso de energias renováveis ​​porque são mais baratas e mais seguras para os investidores;
  4. O elefante Kaavan, rebatizado como o elefante mais solitário do mundo, foi transferido, após uma vida no zoológico, para um abrigo no Camboja;
  5. O urso Gaia, que havia atacado dois homens, conseguiu se salvar da capturae permanecer livre. O Conselho de Estado de fato acatou o apelo do Ministro do Meio Ambiente na Itália, Sérgio Costa;
  6. O Tribunal de Justiça dos Estados Unidos rejeitou a proposta de Trump de perfurar o Ártico, em favor dos ursos e do clima;
  7. Os índios Waorani, do Equador,em sérias dificuldades com o coronavírus, conseguiram convencer o governo do país a proteger suas comunidades, que correm o risco de extinção física e cultural. Na verdade, uma decisão do tribunal exigiu que o Ministério da Saúde coordenasse com a liderança Waorani a realização de testes Covid-19 em onze comunidades, garantindo suprimentos médicos adequados;
  8. A Comissão Europeia proibiu o mancozeb, um ingrediente ativo presente em muitos pesticidas e uma causa de interferência endócrina. Vários países terão que revogar todas as autorizações até junho de 2021;
  9. O Conselho de Estado suspendeu o cruel experimento com macacos da Universidade de Turim, na Itália, em andamento na Universidade de Parma, salvando-os de um triste destino;
  10. A tribo Sioux obteve uma vitória histórica este ano. Um juiz ordenou a interrupção do Duto de Acesso Dakota (DAPL), iniciado por Trump. O governo deverá realizar uma análise aprofundada do impacto ambiental capaz de avaliar os riscos para a tribo Sioux que vive na área;
  11. Após 3.000 anos, alguns diabos da Tasmânia finalmente voltaram à vida selvagem na Austrália, soltos nas florestas após um longo e delicado programa de conservação;
  12. Precisamente nesse estranho 2020, a Argentina finalmente legalizou o aborto aoaprovar um projeto de lei que permite o acesso gratuito à interrupção da gravidez até a 14ª semana de gestação;
  13. Em Serra Leoa,este ano, o governo aboliu um decreto que proibia meninas grávidas de frequentar aulas e exames escolares;
  14. No sudeste da Ásia, as uniões entre pessoas do mesmo sexo não são bem-vindas, mas a Tailândia está no caminho certo. De fato, pode se tornar o primeiro país do sudeste asiático a legalizar as uniões de pessoas do mesmo sexo. A aprovação do governo chegou em 2020 e pode em breve se tornar lei;
  15. Finalmente, neste ano, os assassinos do rio Sarno, o chamado “rio dos venenos”, foram enquadrados. As verificações revelaram 41 descargas ilegais e levaram à apreensão de 36 empresas;
  16. No Colorado, a pena de mortefoi finalmente abolida depois que o governador, Jared Polis, assinou o decreto aprovado pela Câmara;
  17. Também neste ano, o advogado chinês de direitos humanos, Wang Quanzhang, que foi injustamente preso em 2015 por subversão dos poderes do Estado, foi libertado;
  18. Na Suécia,foi aprovada uma lei que estabelece que sexo sem consentimento é estupro, uma conquista importante para todas as mulheres;
  19. Israelproibiu a compra e venda de peles de animais, tornando-se o primeiro país do Oriente Médio a dizer não às peles;
  20. Apesar das dificuldades causadas pela pandemia, muitas pessoas não deixaram de ser solidárias com os mais necessitados e com a natureza. Nós, da Greenme, contamos várias histórias exemplares, como a do empresário que pagou dívidasde 114 famílias em dificuldade devido à Covid. Ou a história das crianças indonésias que limparam toda a costa de Pandang de plástico. E o da família Smith, que arrecadou mais de 5.000 presentes de Natal para dar aos necessitados.
Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest