Free: 4 minutos de curta em 2D sobre a esperança de um mundo sem plástico nas praias

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O protagonista da animação é Free, uma pequena tartaruga marinha que assim que nasce é vista rodeada pelo lixo que é fruto da mão do homem. Free emerge da areia e a primeira coisa que vê é uma bituca de cigarro, tenta abrir espaço para si mesmo em uma praia que parece um aterro: garrafas de detergentes, canudos, copos plásticos.

A tartaruga se perde, tropeça e fica presa em uma lata de atum. Todo o lixo em torno do Free torna-se fatal: seu caminho em direção ao mar e à liberdade parece comprometido por monstros de plástico. Mas o final é uma surpresa porque será uma criança, um ambientalista em formação, que mudará o rumo das coisas e trará o arco-íris de volta à praia, finalmente restaurada às suas belezas naturais.

O sugestivo curta animado sobre a proteção do meio ambiente marinho foi feito pela Magmanimation, uma associação sem fins lucrativos criada por um grupo de professores, artistas, animadores, escritores e músicos, unidos pelo desejo comum de explorar novos caminhos culturais e experimentar novas linguagens expressivas para contar um território, o da Calábria, que luta para ser assistido e ouvido sem filtros de estereótipo.

Em sua primeira estreia, a associação dedica seu trabalho aos ativistas da Plastic Free onlus, a associação que, há 2 anos, limpa as praias italianas do plástico e protege espécies marinhas ameaçadas de extinção.

“A ideia de estrear com um curta-metragem sobre meio ambiente – explica Pietro Adorato, presidente da Magmanimação – vem diretamente da nossa experiência humana, antes mesmo de ser artística. O mar sempre foi um termo de comparação necessário para os povos do Mediterrâneo, é muito mais que um ecossistema: é o ponto de e para o qual nos movemos, seja para viagens reais ou partidas metafóricas, trazendo ecos e cheiros. afim disso. Todos deveriam ter uma vida ‘vista para o mar’ – continua Adorato – mas que não seja poluída pelo mais tóxico dos venenos: a resignação, pior, o hábito da degradação, uma verdadeira praga que aflige nosso território”.

A história do pequeno Free torna-se assim porta-voz da missão da associação, a de reeducar jovens e velhos à beleza artística e natural; promover uma nova face da Calábria, livre de clichês tristes e exagerados, que finalmente dê o merecido reconhecimento a uma terra rica em beleza e talento; demonstrar como a paixão e a coragem constituem uma combinação indissociável quando, partindo “de baixo”, pretende perseguir objetivos que farão a diferença.

Um conto com a supervisão externa de Vincenzo Nisco, que contém uma moral tão simples quanto desarmante: as grandes empresas são movidas por grandes ideais e feitas de pequenos gestos.

Fonte: Magmanimação

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista profissional, possui graduação em Ciência Política e máster em Comunicação Política. Se preocupa especialmente com temas sociais e direitos dos animais.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest