O Dia das Meias que não combinam: a iniciativa italiana para celebrar a diversidade!

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Agora falta muito pouco! Está prestes a regressar na Itália o hilariante Day of Unmatched Socks, uma iniciativa que nos últimos anos obteve enorme sucesso entre crianças e adultos porque – convenhamos – quem não tem pelo menos um par de meias incompatíveis na gaveta? E quem não usou por engano duas meias diferentes com pressa?
Se você estava pensando em jogar fora suas meias que não combinam, não o faça. Por que discriminá-las?! Vamos usá-las com orgulho na sexta-feira, 4 de fevereiro, por ocasião do dia dedicado a elas. Nós, da equipe editorial da greenMe decidimos nos juntar novamente este ano e mal podemos esperar para exibi-las.
A iniciativa original nasceu há alguns anos em uma escola primária em Terzo di Aquileia, em Friuli-Venezia Giulia, graças a uma professora chamada Sabrina. O evento também chegou ao Facebook, alcançando um boom no número de membros. Já em sua nona edição, o Day of Unmatched Socks quer celebrar a beleza da diversidade , assim como a de duas meias completamente diferentes que se encontram graças a quem as escolhe, quebrando o molde e trazendo um pouco de alegria.
E este ano, para tornar este dia ainda mais divertido, os promotores da iniciativa italiana publicaram no Facebook algumas sugestões e inspirações para organizar atividades em grupo, para fazer na escola ou em família.

#calzinispaiati2022: como aderir à iniciativa italiana

Todos podem comemorar o dia das meias incompatíveis e não apenas os pequenos.  Como? Usar duas meias diferentes (por exemplo, uma listrada e uma de bolinhas, uma vermelha e outra azul) para ficar em casa, fazer compras ou ir trabalhar. Os promotores da iniciativa convidam todos a tirar uma fotografia a publicar na página de Facebook dedicada ao evento, no Instagram ou na rede social à sua escolha, acompanhada da hashtag #calzinispaiati2022.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em mídia, comunicação digital e jornalismo pela Universidade La Sapienza, ela colaborou com Le guide di Repubblica e com alguns jornais sicilianos. Para a revista Sicilia e Donna, ela tratou principalmente de cultura e entrevistas. Sempre apaixonada pelo mundo do bem-estar e da bio, desde 2020 escreve para a GreenMe.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest