Água de São João: lendas, como é preparada e benefícios curativos do “orvalho dos deuses”

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Coloque na sua agenda uma excursão pela natureza, em busca de ervas espontâneas. O dia 23 de junho é de fato uma noite mágica, durante a qual tradicionalmente se prepara a água de São João para recolher o orvalho dos deuses. Diz a lenda que a água de São João possui virtudes curativas protetoras e que traz saúde, sorte e amor.

A magia da noite de São João

O dia 23 de junho, véspera do nascimento de São João Batista, sempre foi considerado uma noite mágica , durante a qual se celebram ritos propiciatórios e purificadores. A magia está ligada ao solstício de verão (Hemisfério Norte) ou solstício de inverno (Hemisfério Sul). O solstício de inverno cai no dia mais curto do ano. Apesar do forte ressurgimento, deve-se atentar para eventos infelizes, como secas, tempestades severas ou doenças de plantas, que arruinariam as colheitas.

Para afastar as adversidades, são feitas fogueiras propiciatórias que representam o sol e a água de São João é preparada para recolher o orvalho, que simboliza a lua. A água de San João traria sorte e prosperidade graças ao incrível poder das flores e seria capaz de proteger as plantações, evitando calamidades.

Como preparar a água de São João

A água de São João épreparada para explorar a força e o poder das plantas e flores embebidas no orvalho dos deuses.
De fato, acredita-se que durante a noite de São João caia o orvalho dos deuses, capaz de influenciar plantas e flores dando-lhes uma força particular: o solstício de verão seria a porta pela qual os deuses deixariam passar o recém-nascido , precisamente na forma de orvalho.

Reza a lenda que esta água mágica traz sorte, amor e saúde, que é capaz de afastar doenças e calamidades e proteger as plantações.

Para preparar a água de São João você precisa coletar ervas e flores silvestres. Não existe uma regra real na escolha de flores e ervas. Geralmente nos deixamos inspirar por nossos instintos escolhendo entre as espécies que temos disponíveis. Recomenda-se respeitar a natureza ao colher as ervas:  não colete quantidades excessivas de espécimes e não arranque as plantas.

Após o pôr do sol, as ervas coletadas são colocadas na água e deixadas do lado de fora durante toda a noite, para que possam absorver o orvalho da manhã. As ervas coletam orvalho e adquirem propriedades mágicas a partir dele.

Na manhã de 24 de junho, a água de São João é usada para lavar as mãos e o rosto, numa espécie de ritual propiciatório e de purificação que trará amor, sorte e saúde.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em Ciências e Tecnologias Herbárias, editora web desde 2013, ela publicou "Sabonetes e cosméticos DIY", "O sábio do trabalhador manual" e "A cebola do trabalhador manual" para as edições Age of Aquarium.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest