Poesia nas prisões: palavras podem mudar a vida dos presos

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Rachel Kelly, organizadora do projeto de workshops de poesia em prisões do Reino Unido, realmente acredita que palavras podem curar. Entretanto, muitos ainda desdenham e não creem no projeto: “Como assim juntar poesia com pessoas que estão presas? Como isso pode funcionar?”

O projeto “Poetry in Prisons”

Para Rachel, a poesia foi a salvação e um escudo contra a depressão que sofria há 17 anos. Era incapaz de absorver totalmente as palavras e se afastou com muita facilidade da mãe e do padrasto, que não conseguiam ajudá-la.

Mas, conforme foi se recuperando, passou a perceber os poemas de forma diferente. Poemas são grátis, não têm efeitos colaterais e a prendiam ao presente, fazendo com que ela parasse de se preocupar com o futuro ou em repetir o passado. Com isso, Rachel passou a compartilhar os poemas com outras pessoas que também passavam por momentos de dificuldade. A poesia ajudou a todos eles.

Devido à fragilidade mental de muitos presos, Rachel foi convidada a visitar a prisão de sua cidade no Dia Nacional da Poesia e compartilhar com os internos os poemas que eles poderiam achar mais consoladores. Rachel diz que alguns até choraram e se sentiram compreendidos pela primeira vez, em muito tempo.

Desde então, se tornou voluntária no departamento de educação da prisão e faz visitas com a maior frequência possível. Os workshops geralmente duram uma hora.

Os participantes dizem que gostam muito do senso de comunidade que é passado nesses workshops e que os poemas são quase sempre uma companhia agradável para os momentos de solidão.

Contrastes sociais

Este é um projeto incrível que pode mudar a visão de muitos encarcerados e aumenta enormemente a chance de regeneração e reintegração social após a soltura. Já no Brasil, o sistema carcerário beira a depósitos de pessoas, onde há torturas e condições precárias de vida, sendo muito triste a constatação de que mesmo projetos tão simples e comoventes como o “Poetry in Prisons” não possa encontrar acolhida por aqui.

Pior é pensar que muita gente acha que preso tem que sofrer, ou morrer, como se as pessoas que nascem nas condições subumanas brasileiras fossem culpadas pela falta de opção que o país lhes oferece.

Leia também: Proposta do Senado visa a desmilitarização da polícia

Fonte foto: freeimages.com

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest