Escócia: absorventes gratuitos para todas as mulheres. É o primeiro país do mundo a fazê-lo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A Escócia está se preparando para se tornar o primeiro país do mundo a oferecer gratuitamente para quem precise todos os produtos necessários durante o ciclo menstrual.

O Parlamento escocês aprovou, com 112 votos a favor, um novo projeto de lei que pretende tornar gratuitos absorventes internos e externos, disponibilizando-os em locais públicos, como centros sociais e de encontros de jovens, bem como em farmácias.

Trata-se de um primeiro passo. Agora, o projeto de lei deve seguir para o Parlamento escocês e pode ser alterado caso emendas sejam propostas.

A proposta pretende acabar com o chamado “ciclo menstrual de pobreza” na Escócia. Ou seja, o governo quer garantir que os produtos necessários durante a menstruação sejam gratuitos e estejam disponíveis para as mulheres que precisarem, especialmente para proteger aquelas de baixa renda que não podem comprar absorventes higiênicos.

Segundo as estimativas, as mulheres com um ciclo que dura em média 5 dias podem gastar até 8 libras por mês (cerca de 12 euros) e há quem lute para arcar com esse custo.

O primeiro rascunho do novo projeto de lei, o Period Products Scotland Bill, já havia sido apresentado em 2017 por Monica Lennon, e resultou em algumas ações nesse sentido: em 2018, os produtos úteis para menstruação se tornaram gratuitos em escolas, faculdades e universidades da Escócia.

Mercadorias de luxo

A difícil situação das jovens mulheres não deve ser subestimada.

Uma pesquisa com 2.000 pessoas da Young Scot descobriu que cerca de uma em cada quatro mulheres entrevistadas em escolas e universidades escocesas lutava para acessar os produtos necessários durante o ciclo. No Reino Unido como um todo, no entanto, 10% delas não podem comprá-los, 15% compram com dificuldade e 19% mudaram para produtos menos adequados devido aos custos.

Atualmente, no Reino Unido, o chamado “imposto sobre o Tampax” é de 5%. Em outro país europeu, a Itália, absorventes são tributados como trufas, como se fossem mercadorias de luxo e não itens essenciais.

Uma situação absurda que, pelo menos na Escócia, parece estar terminando com uma medida que demonstra a civilização e o desejo de trabalhar sobre o tema da igualdade de gênero.

O sistema de distribuição gratuita de produtos, promete a Escócia, entrará em operação dentro de um ano após a aprovação definitiva da lei.

Fantástico! Lembrando que é possível também diminuir os custos no bolso e para o meio ambiente usando coletor menstrual.

Talvez te interesse ler também:

10 razões para usar o coletor menstrual

Coletores menstruais são seguros e confiáveis. É por isso que devemos dar adeus aos absorventes

Glifosato em gazes e absorventes: alarme na Argentina. Seria culpa do algodão GM?

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest