A “professora dos abraços” morre aos 35: ela educava com bondade e compaixão

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

morte prematura da professora Zelene Blancas chocou a cidade de El Paso, no Texas. Zelene ensinava espanhol em uma escola primária e era conhecida por todos por sua habilidade de espalhar gentileza e sorrisos.

Para Zelene, educar com compaixão e empatia eram os aspectos mais importantes de seu trabalho. Em 2018, ela se tornou popular como “a professora dos abraços” graças a um vídeo gravado em sua sala de aula, onde alunos sorridentes se cumprimentavam e se abraçavam no final da semana.

O vídeo teve mais de 20 milhões de visualizações e é um exemplo de como Zelene trabalhou na conexão entre seres humanos.

Quem a conheceu a descreve como uma pessoa humilde e uma professora fenomenal, sempre pronta para ajudar os outros. Durante a pandemia, ela não parou de acompanhar seus alunos à distância e ajudar quem precisava, mesmo da cama do hospital onde estava internada desde outubro passado.

A mulher, com resultado positivo para coronavírus, infelizmente faleceu com apenas 35 anos de idade após complicações relacionadas à infecção, e sua morte, compreensivelmente, devastou a cidade.

Fonte: New York Times

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Após terminar o bacharelado e o mestrado em tradução, tornou-se jornalista ambiental. Ganhou o prêmio jornalístico “Lidia Giordani”.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest